Escolha as suas informações

A Lufthansa poderá em breve ser resgatada pelo Estado alemão
Luxemburgo 03.05.2020

A Lufthansa poderá em breve ser resgatada pelo Estado alemão

A Lufthansa poderá em breve ser resgatada pelo Estado alemão

Foto: AFP
Luxemburgo 03.05.2020

A Lufthansa poderá em breve ser resgatada pelo Estado alemão

Redação
Redação
As negociações, que se arrastam há várias semanas, dizem respeito a um pacote total de ajuda de 10 mil milhões de euros.

O maior grupo europeu de transportes aéreos, a Lufthansa, disse no domingo que estava "perto" de um acordo com o Estado alemão.

"Estamos a ter negociações construtivas com o Governo alemão" e "na nossa opinião, estas discussões podem ser concluídas num futuro próximo", afirmou a direcção da empresa numa mensagem dirigida aos trabalhadores, divulgada pela AFP obteve. 

 "O apoio do Estado alemão constituiria para nós um passo essencial para garantir o nosso futuro" e para voltar a colocar os aviões no ar, acrescentou, enquanto as negociações pareciam estar paradas nos últimos dias. 

 As negociações, que se arrastam há várias semanas, dizem respeito a um pacote total de ajuda de 10 mil milhões de euros, segundo o semanário Der Spiegel publicado no fim-de-semana. 

 Mas estão a ser  complicadas pelo facto de o Estado alemão estar a exigir contrapartidas . Em particular, quer adquirir uma participação de 25,1% no capital da empresa, uma minoria de bloqueio, e assim ter uma palavra a dizer, de acordo com o jornal. 

A direcção da Lufthansa recusa-se a ser influenciada pelos poderes políticos dos países em que opera, ou seja, para além da Alemanha, Áustria, Suíça e Bélgica, na condução dos seus negócios. Na Suíça, as coisas já avançaram. O Estado suíço garantirá 1,2 mil milhões de euros em empréstimos às filiais suíças da Lufthansa, Swiss e Edelweiss. Na Áustria, a filial da Lufthansa Austrian Airlines (AUA) solicitou, na terça-feira, um auxílio público de 767 milhões de euros para superar o impacto da epidemia de Covid-19. A Lufthansa vai realizar uma reunião do seu Conselho Fiscal na segunda-feira, seguida de uma reunião de accionistas na terça-feira

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas