Escolha as suas informações

A este ritmo, só em novembro de 2024 é que 70% dos residentes estarão vacinados
Luxemburgo 2 min. 02.02.2021 Do nosso arquivo online

A este ritmo, só em novembro de 2024 é que 70% dos residentes estarão vacinados

Centro de vacinação na capital alemã, Berlim.

A este ritmo, só em novembro de 2024 é que 70% dos residentes estarão vacinados

Centro de vacinação na capital alemã, Berlim.
Foto: AFP
Luxemburgo 2 min. 02.02.2021 Do nosso arquivo online

A este ritmo, só em novembro de 2024 é que 70% dos residentes estarão vacinados

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Segundo as contas do site Politico.eu o Grão-Ducado está entre os dez piores países da Europa no que toca à percentagem atual da população vacinada. E não só.

O Luxemburgo vacinou até à data 1,82% da sua população, enquanto que o Reino-Unido, por exemplo, já vacinou 13,95%. Israel por exemplo, tem uma taxa de vacinação de 54,71%. Os dados foram analisados pelo site de notícias Politico.eu, e colocam o Grão-Ducado entre os dez piores países da Europa e ainda longe do objetivo estabelecido pela Comissão Europeia.

No início do processo da vacinação na Europa, a UE tencionava ter 70% da população vacinada até ao final do verão de 2021, atingindo assim a imunidade coletiva. Os dados da publicação são atualizados diariamente (com números da vacinação em cada país) pelo que estas datas poderão ir sofrendo alterações ao longo do tempo. Mas a 2 de fevereiro, os dados indicam que se o Grão-Ducado continuar a vacinar a este ritmo nos próximos meses terá vacinado apenas cerca de 16% da população total até ao final do verão (22 de setembro 2021). E só em janeiro de 2024 é que 70% das pessoas estarão vacinadas. 

Com uma média diária de 639 pessoas inoculadas, para atingir o objetivo dos 70% na data proposta o país teria de vacinar 2.882 pessoas por dia. A par com o Luxemburgo, também a Alemanha terá 70% da população vacinada só em janeiro de 2024. A Áustria chegará uns meses mais tarde, em abril do mesmo ano, e a Bélgica só em novembro de 2024. 

Em oposição, os países com o processo de vacinação mais célere são o Reino Unido que terá 70% da população vacinada em agosto de 2021, Malta e Hungria (julho e agosto de 2022 respetivamente).


DENVER, CO - JANUARY 30: Pharmacy technicians prepare doses of the Pfizer-BioNTech vaccine at a mass COVID-19 vaccination event on January 30, 2021 in Denver, Colorado. UCHealth, Colorado's largest healthcare provider, plans to vaccinate 10,000 seniors over 70 during the drive-up event this weekend.   Michael Ciaglo/Getty Images/AFP
== FOR NEWSPAPERS, INTERNET, TELCOS & TELEVISION USE ONLY ==
Luxemburgo terá seis fases de vacinação. Saiba a que fase pertence
País entra na fase 2 em março.

O cenário traçado pelo Politico também não é animador para Portugal. O país terá 19% da população vacinada até ao final do verão; e se o ritmo da vacinação se mantiver, a barreira dos 70% só será atingida em outubro de 2023.

Pior estão a Croácia, Letónia e Bulgária que só terão 70% da população vacinada em 2027, 2029 e 2030, respetivamente.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Sem "influência direta" no mercado e na chegada das vacinas ao Grão-Ducado, o Governo admite que "ainda não é possível apontar uma data" para a imunização de, pelo menos, 70% dos residentes. A Universidade do Luxemburgo diz que é possível fazê-lo em três meses. Basta que 2.700 pessoas sejam vacinadas por dia.
Lokales, Impfzentrum Esch Belval, maison des matériaux, Gebäude Nord Foto: Luxemburger Wort/Anouk Antony
Este ano confirmaram-se 25 casos da doença, contra sete casos em 2017 e 2018. A vacinação é o meio mais eficaz para evitar o contágio, alertou, ao Contacto, a Direção da Saúde.
A população do Luxemburgo aumentou no ano passado, mais uma vez à custa da imigração. Em 2014 chegaram ao Luxemburgo mais de vinte mil imigrantes. Pela primeira vez, nos últimos anos, chegaram mais franceses do que portugueses. Resultado: aumenta o número de estrangeiros e baixa o número de luxemburgueses a residir no país.