Escolha as suas informações

9 acidentes de trabalho mortais em 2016: Patrões negligentes vão passar a ser multados por acidentes de trabalho
Luxemburgo 15.09.2016 Do nosso arquivo online

9 acidentes de trabalho mortais em 2016: Patrões negligentes vão passar a ser multados por acidentes de trabalho

A cada ano há cerca de 27 mil acidentes de trabalho, ou seja, perto de dois mil por mês, de acordo com o ITM

9 acidentes de trabalho mortais em 2016: Patrões negligentes vão passar a ser multados por acidentes de trabalho

A cada ano há cerca de 27 mil acidentes de trabalho, ou seja, perto de dois mil por mês, de acordo com o ITM
Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 15.09.2016 Do nosso arquivo online

9 acidentes de trabalho mortais em 2016: Patrões negligentes vão passar a ser multados por acidentes de trabalho

O organismo responsável pela fiscalização do local do trabalho quer introduzir multas para patrões negligentes. O objectivo desta iniciativa da Inspecção do Trabalho (ITM) visa reduzir o número de acidentes e mortes no local de trabalho.

O organismo responsável pela fiscalização do local do trabalho quer introduzir multas para patrões negligentes. O objectivo desta iniciativa da Inspecção do Trabalho (ITM) visa reduzir o número de acidentes e mortes no local de trabalho. Os patrões vão ter de investir melhor na prevenção de acidentes de trabalho.

Desde o início do ano morreram nove pessoas enquanto trabalhavam, sete dos quais na construção, e no ano passado 11, revelou o ITM esta quarta-feira em conferência de imprensa.

"Continua a ser uma situação dramática e mostra a negligência grave", disse o ministro do Emprego,  Nicolas Schmit.

A cada ano há 27 mil acidentes de trabalho no Luxemburgo, equivalente a cerca de dois mil por mês, de acordo com o director ITM, Marco Boly. Os números "estabilizaram nos últimos dez anos", apesar do aumento do número de trabalhadores em 10% por ano, acrescentou.

Ainda de acordo com os números do ITM, 42% destes 27 mil acidentes resultam em ferimentos graves.

Para corrigir o problema deverá ser elaborado um projecto de lei que permita ao ITM multar os patrões negligentes. A proposta do organismo responsável pela fiscalização do local do trabalho, que está actualmente sob apreciação do Conselho de Estado, deverá incluir multas entre mil e cinco mil euros por cada infracção na origem de um ferimento num trabalhador. Os patrões reincidentes poderão ser multados até 100 mil euros.

Para levar a cabo este trabalho, o ITM quer ter 200 inspectores até 2025, cerca do dobro do que tem actualmente. Nos próximos dois anos deverão ser recrutados mais 36 inspectores, além dos 14 contratados este ano.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.