Escolha as suas informações

2013/2014: Luxemburgo regista 15 casos de eutanásia
Luxemburgo 23.04.2015 Do nosso arquivo online

2013/2014: Luxemburgo regista 15 casos de eutanásia

2013/2014: Luxemburgo regista 15 casos de eutanásia

FOTO: ANOUK ANTONY
Luxemburgo 23.04.2015 Do nosso arquivo online

2013/2014: Luxemburgo regista 15 casos de eutanásia

Nos últimos dois anos, 15 pessoas recorreram à eutanásia. Os dados constam do relatório da Comissão Nacional de Controlo e Aplicação da lei.

Nos últimos dois anos, 15 pessoas recorreram à eutanásia. Os dados constam do relatório da Comissão Nacional de Controlo e Aplicação da lei que foi ontem entregue ao presidente do Parlamento do Luxemburgo.

Em 2013 e 2014 quatro homens e onze mulheres pediram para ter acesso à morte clinicamente assistida. A maior parte dos pacientes tinha cancro e menos de 60 anos.

Do total de casos de eutanásia, 11 foram praticados nos hospitais, um caso foi praticado em casa do paciente, e três foram feitos em lares de idosos.

No Luxemburgo a eutanásia é praticada desde 2009.


Notícias relacionadas

"A lei da eutanásia tem boas intenções, mas na prática é muito difícil"
O advogado Jean-Jacques Schonckert é o presidente da associação pelo direito a morrer com dignidade, rebatizada “A minha vontade, o meu caminho” (“Mäi Wëllen, Mäi Wee”, em luxemburguês). Nove anos depois da despenalização da eutanásia, a associação denuncia barreiras para quem escolhe esta via.
Fussball: Jean-Jacques Schonckert
Luxemburgo já permite a eutanásia, mas ainda há quem vá à Bélgica para morrer
Portugal chumbou ontem quatro propostas para despenalizar a eutanásia, após um debate aceso que dividiu o Parlamento e o país. O Luxemburgo é um dos poucos países que legalizaram a morte assistida, em 2009, mas continua a haver muitas reticências em praticá-la. Há quem não consiga encontrar um médico e tenha de ir à Bélgica, país com uma lei da eutanásia que serviu de modelo ao Luxemburgo, ou mesmo à Holanda e à Suíça.