Escolha as suas informações

Asselborn. Sampaio era "um grande político e homem próximo do povo"
Luxemburgo 10.09.2021
1939-2021

Asselborn. Sampaio era "um grande político e homem próximo do povo"

1939-2021

Asselborn. Sampaio era "um grande político e homem próximo do povo"

Foto: DR
Luxemburgo 10.09.2021
1939-2021

Asselborn. Sampaio era "um grande político e homem próximo do povo"

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Numa mensagem escrita em português, o Ministro dos Negócios Estrangeiros luxemburguês reage com tristeza à morte do "amigo de longa data".

A morte do antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, deixou Portugal de luto, mas também causou consternação entre outras figuras políticas estrangeiras, como é o caso do ministro dos Negócios Estrangeiros do Luxemburgo, Jean Asselborn. 


O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, faz uma declaração sobre a morte do antigo Presidente da República, Jorge Sampaio (não aparece na fotografia), no Palácio de Belém, em Lisboa, 10 de setembro de 2021. O antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, morreu hoje aos 81 anos.
Sampaio. Marcelo destaca "a corajosa serenidade de um grande senhor da democracia"
Para o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo da Sousa, o ex-chefe de Estado "provou que se pode nascer privilegiado e converter a vida na batalha pelos não-privilegiados".

Numa mensagem publicada na página de Twitter do Ministério dos Negócios Estrangeiros, ao início da tarde, escrita em português e em francês, o ministro do Partido Operário Socialista Luxemburguês (LSAP) - da mesma família política do partido de Jorge Sampaio, o PS - reage "com tristeza à notícia da morte do antigo Presidente português e amigo de longa data".

No mesmo texto, que é acompanhado de uma fotografia que regista um encontro entre os dois políticos, Asselborn define Sampaio como "um grande político e homem próximo do povo", prestando de seguida as condolências à família e aos portugueses.


Jorge Sampaio visitou pela última vez o Luxemburgo, de forma oficial, em setembro de 2004, a convite do Grão-Duque Henri. A visita de Estado decorreu no âmbito do seu segundo mandato presidencial e ficou marcada não só pela receção da família Grã-ducal, mas também pelos encontros com representantes da comunidade portuguesa residente no país. 


Jorge Sampio e o Grâo-Duque cumprimentam os cidadãos em Esch-sur-Alzette.
Festa, vindimas e sorrisos. A última visita de Jorge Sampaio ao Grão-Ducado
O antigo Presidente da República portuguesa faleceu esta sexta-feira aos 81 anos. A última visita oficial ao Luxemburgo foi em 2004, a convite do Grão-Duque Henri.

O antigo Presidente da República morreu hoje aos 81 anos, no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, onde estava internado desde dia 27 de agosto, na sequência de dificuldades respiratórias.  

 Jorge Sampaio foi Presidente da República durante dois mandatos, entre 1996 e 2006.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas