Escolha as suas informações

18,5% da população luxemburguesa está exposta à poluição
Luxemburgo 05.09.2019 Do nosso arquivo online

18,5% da população luxemburguesa está exposta à poluição

18,5% da população luxemburguesa está exposta à poluição

Foto: AFP
Luxemburgo 05.09.2019 Do nosso arquivo online

18,5% da população luxemburguesa está exposta à poluição

Poluição industrial e automóvel, lixo e outros problemas ambientais afetam cerca de um quinto dos residentes no Grão-Ducado.

Os residentes no Luxemburgo têm uma das maiores taxas de exposição à poluição da União Europeia.


Luxemburgo cercado por centrais nucleares
O ar que se respira no Luxemburgo contém partículas finas libertadas por centrais termoelétricas alemãs, que podem ser nocivas à saúde da população. Mas as ameaças poderão vir também de centrais nucleares dos países vizinhos, que cercam o pequeno Grão-Ducado: algumas têm fissuras, outras têm problemas com peças.

De acordo com os dados publicados hoje pelo Eurostat, 18,5% da população luxemburguesa está exposta à poluição industrial e automóvel, ao lixo e outros problemas ambientais, bem acima da média europeia de 14%.

Os três países com taxa mais alta do que o Luxemburgo são Malta (26,5), Alemanha (24,5%) e Grécia (20,3%).

Já a Irlanda, Croácia, Dinamarca, Finlândia e Suécia apresentam as mais baixas taxas de poluição.


Notícias relacionadas