Vídeo. Viaje na maior montanha russa do mundo

Vídeo. Viaje na maior montanha russa do mundo

Foto: DR
Radio Latina 1 17.05.2019

Vídeo. Viaje na maior montanha russa do mundo

Faça a viagem! Até em vídeo impressiona dar uma volta na maior, mais rápida e mais alta montanha russa do planeta, a Yukon Striker, recém-inaugurada no Canada's Wonderland. Por três segundos, fica-se suspenso, no cimo de uma queda de 90 graus. A 75 metros de altura. Então mergulha-se a uma velocidade que atinge os 130 quilómetros por hora. Que tal?

 A Yukon Striker é “a mais alta, a mais rápida e a mais longa montanha russa do mundo”, diz a diretora de comunicação do recém-inaugurado parque de diversões Canada’s Wonderland, que fica nos arredores de Toronto. Se é fã de emoções fortes e de viagens destas fique a saber que a Yukon Striker é a Everest das montanhas russas.

“A viagem é absolutamente de tirar a respiração”, garante Norm Pirtovshek, o responsável do parque, em comunicado.

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Ao longo de uma viagem de três minutos e 25 segundos, os corajosos aventureiros percorrem 1,1 quilómetros, parte num túnel submarino, fazem quatro loop, ou seja, voltas em que se fica de cabeça para baixo, um deles de 360 graus, a “única” montanha que existe com um loop destes.

E, depois há as paragens totais, de três segundos, a 75 metros de altura antes da descida a pique, de 90 graus, onde se atinge velocidades que chegam aos 130 quilómetros por hora. Pura adrenalina. É assim, uma montanha russa ‘Dive Coaster’: com “uma queda vertical a direito com os passageiros voltados para o chão”, explicam os seus criadores, a empresa suíça Bolliger & Mabillard.

Para uma maior emoção, esta montanha russa não tem carrinhos, não tem chão. Os corajosos passageiros estão sentados num banco, com as pernas soltas e com o chão, lá em baixo, à vista.

“Todos gostaram da viagem e ficaram surpreendidos com a queda a pique”, declarou Grace Peacock, a diretora de comunicação do parque citada pela CNN, aquando da estreia da Yukon Striker, por um grupo de convidados. A montanha russa tem este nome, em homenagem à corrida ao ouro, na região de Yukon, que levou mais de 100 mil pessoas que imigraram para aquelas terras, na fronteira com o Alasca.

O preço do bilhete para entrar no Parque de Diversões e desfrutar das atrações, Yukon Striker incluído, é de 100 dólares (89 euros), por pessoa.

Por agora, sente-se, aperte o cinto e faça a viagem em modo virtual. Já vale a pena!

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.