Tribunal sueco condena rapper A$AP Rocky por agressão
Radio Latina 14.08.2019

Tribunal sueco condena rapper A$AP Rocky por agressão

Tribunal sueco condena rapper A$AP Rocky por agressão

Foto: AFP
Radio Latina 14.08.2019

Tribunal sueco condena rapper A$AP Rocky por agressão

Para além da pena suspensa, o jovem de 30 anos também terá de pagar uma indemnização à vítima.

O rapper americano A$AP Rocky, cujo nome verdadeiro é Rakim Mayers, foi considerado culpado de agressão, durante uma luta em Estocolmo, e condenado a pena suspensa. 

Rocky passou quase um mês em prisão preventiva após o ataque que aconteceu no final de junho. Foi libertado pouco tempo antes do veredito e rumou aos Estados Unidos.

Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos, chegou a interferir junto do governo sueco - sem sucesso - para que o rapper fosse libertado. Sabe-se agora que é condenado a pena suspensa e a pagar uma indemnização à vítma (não foram adiantados valores). 

Dois membros da comitiva do A$AP Rocky, Bladimir Corniel e David Rispers, foram considerados culpados da mesma acusação. Em comunicado, o tribunal afirmou que "a agressão não foi de natureza tão grave que uma sentença de prisão deva ser escolhida". 

Rocky e os outros arguidos sempre afirmaram que tinham agido em legítima defesa contra dois homens que os tinham seguido. No entanto, o tribunal garantiu que eles "agrediram a vítima, batendo e chutando-a enquanto ela estava deitada no chão. O artista também atirou a vítima ao chão e pisou no seu braço."


Notícia em atualização