Taylor Swift conta toda a história da zanga com Kanye West
Radio Latina 3 3 min. 20.09.2019 Do nosso arquivo online

Taylor Swift conta toda a história da zanga com Kanye West

Taylor Swift conta toda a história da zanga com Kanye West

Foto: VMAS
Radio Latina 3 3 min. 20.09.2019 Do nosso arquivo online

Taylor Swift conta toda a história da zanga com Kanye West

Para a cantora, o rapper tem "duas caras".

Taylor Swift lançou um novo álbum, "Lover", e a propósito do novo trabalho, deu uma entrevista à revista Rolling Stone. Para além de falar do lado profissional, a cantora também entrou em detalhes sobre algumas das histórias que a levaram às primeiras páginas dos jornais. 

Uma delas, a mais famosa, é a eterna zanga com o rapper Kanye West, que começou há exatamente 10 anos. Tudo começou quando  West foi ao palco, roubou-lhe o microfone, durante seu discurso de aceitação nas VMAs, para dizer que Beyoncé é que merecia o prémio de vídeo feminino do ano. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Swift explicou como se sentiu depois deste momento: "Tudo o que eu sempre quis toda a minha carreira depois que aquilo aconteceu era que ele me respeitasse. Quando alguém não te respeita tão publicamente e diz que literalmente não mereces estar aqui - eu queria tanto esse respeito dele, e eu odeio isso. Era aí que estava. Saíamos para jantar algumas vezes e eu ficava muito feliz, porque ele dizia coisas boas sobre minha música. Parecia que estava a curar alguma rejeição da infância ou algo assim quando tinha 19".   

Depois veio a música de West em que o rapper cantou "m<eu a Taylor deviamos fazer sexo. Por não? Eu fiz aquela cadela famosa". Kim Kardashian, esposa de West, partilhou vídeos em que Swift estava ao telefone e parecia consentir que ele a incluísse na música. Só que não chegou a saber do verso sobre sexo ou a parte da "cadela". 

 Swift disse à Rolling Stone: "Foi para me irritar quando ele me chamou de cadela. Isso não foi apenas um evento singular". E chegou a um ponto de rutura. "Basicamente, eu fiquei muito farto da dinâmica entre ele e eu. E isso não foi baseado apenas no que aconteceu naquele telefonema e com aquela música - foi uma espécie de reação em cadeia das coisas". 

De volta aos VMAs, desta vez, em 2015, nova polémica. "Ele vai receber o Prémio Vanguarda. Ligou-me antes - eu não gravei ilegalmente, então não posso mostrar.  Conversámos mais de uma hora de conversa. Ele disse 'realmente, realmente gostaria que apresentasses este prémio, isso significaria tanto para mim' e entrou em todas as razões pelas quais isso significa tanto, porque ele pode ser tão doce. Ele pode ser o mais doce". No entanto, não foi bem assim.  

"Fiquei tão entusiasmada quando ele me pediu. Escrevi o discurso, e então nós chegamos aos VMAs e eu falo e ele começa a dizer 'a MTV trouxe Taylor Swift até aqui para me entregar esse prémio por causa das audiências!'. A cantora não queria acreditar. 

 "Estou na plateia abraçada a Kim, e arrepiei-me por todo o corpo. Percebi que ele tinha duas caras e fiquei tão chateada. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

"Kanye queria que eu fosse falar com ele depois do evento no camarim. Eu não fui. Foi aí que ele mandou flores no dia seguinte para pedir desculpas. Eu realmente não quero que fiquemos em maus lençóis de novo. Então, seja como for, eu vou ultrapassar isto". 

Só que as coisas mudaram quando Taylor ouviu a música em que é mencionada. "Acabei com isto. Se Kanye quer estar em maus termos, vamos estar em maus termos. E é assim que estamos". 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.



Notícias relacionadas

Taylor Swift foi uma das premiadas.