Situação caótica no Contact Tracing?
Radio Latina 8 min. 18.01.2022
Atualidade em síntese 18 JAN 2021

Situação caótica no Contact Tracing?

Atualidade em síntese 18 JAN 2021

Situação caótica no Contact Tracing?

Radio Latina 8 min. 18.01.2022
Atualidade em síntese 18 JAN 2021

Situação caótica no Contact Tracing?

Tem havido atrasos consideráveis no envio de prescrições de isolamento e de quarentena, como também para a realização de testes PCR.

Os novos casos de infeção à covid-19 continuam a ser elevados nos últimos dias. A estes casos junta-se ainda mais as pessoas que estiveram em contacto com alguém infetado e as escolas que mandam turmas inteiras para quarentena.

O trabalho no serviço de rastreamento (Contact Tracing) aumentou exponencialmente e quem já teve de lidar com o serviço nos últimos dias constatou que é preciso esperar muitos dias para receber a documentação necessária.

Uma situação que leva os deputados do partido liberal (DP) Carole Hartmann e Gusty Graas a questionar a ministra da Saúde, de forma urgente, sobre os atrasos que se têm acumulado no serviço de rastreamento.

Segundo estes deputados, tem havido atrasos consideráveis no envio de prescrições de isolamento e de quarentena, como também para a realização de testes PCR.

De acordo com as informações obtidas pelo partido, o atraso pode chegar a uma semana, sendo que quando os formulários chegam, o isolamento da pessoa infetada já está prestes a terminar. Os dois deputados acrescentam ainda, que muitas das vezes, as datas estipuladas nos documentos não coincidem com a realidade.

Uma situação que leva, segundo o DP, a população abrangida ao desespero, porque precisam dos documentos para apresentar ao empregador ou à escola, sem saber o que fazer. Outro problema para as pessoas em causa é que a linha telefónica de ajuda raramente está acessível.

É neste quadro que os dois deputados querem saber o que o Ministério da Saúde tenciona fazer para remediar esta situação, numa altura em que a quarta vaga de infeções no país está a chegar a números nunca vistos.

Partido Pirata contra a vacinação obrigatória

A maioria dos membros do partido Pirata exprimiram-se contra a vacinação obrigatória, quer de forma geral ou setorial. Numa sondagem, o partido quis saber como os seus membros se posicionam sobre esta temática e quais as alternativas a uma vacinação obrigatória.

Segundo a sondagem, 54,08% dos membros rejeitaram a vacinação obrigatória geral e 76,36% mostraram-se contra uma obrigação setorial, ou seja, só para algumas profissões ou idades.

Para os membros do partido Pirata, o Governo tem de continuar a sensibilizar e a informar a população sobre a vacinação sem, no entanto, passar por uma obrigação.

O partido esclarece num comunicado que em caso de voto no Parlamento, estes vão respeitar a opinião dos membros e votar contra a vacinação obrigatória no Luxemburgo.

Prisão de Schrassig com oito detidos positivos ao SARS-CoV-2

A situação sanitária na prisão de Schrassig melhorou consideravelmente nas últimas semanas. Segundo o diretor da administração penitenciária, em conferencia de imprensa, há atualmente oito detidos que testaram positivo à Covid-19.

Na primeira semana do mês de dezembro havia 50 casos positivos e 90 pessoas encontravam-se em quarentena.

Uma situação que levou a Administração Penitenciária a endurecer as medidas. Passou a ser permitido somente visitas de duas pessoas por detido e os reclusos têm apenas uma hora por dia para apanhar ar. As formações e os trabalhos nos ateliers também deixaram de ser realizados.

Para o diretor, é preciso continuar vigilante, uma vez que a situação pode mudar a qualquer momento. O uso da máscara e o distanciamento físico continuam a ser medidas em vigor.

Primeiro-ministro Xavier Bettel recebeu dose de reforço

O primeiro-ministro Xavier Bettel recebeu esta segunda-feira a sua terceira dose da vacina contra a covid-19.

O ministro de Estado partilhou uma foto nas redes sociais em que diz que “é um pequeno gesto, que pode salvar vidas”.

No final do mês de junho do ano passado, Bettel testou positivo ao SARS-CoV-2, um mês e meio após ter recebido a primeira dose do fármaco AstraZeneca. Na altura o primeiro-ministro teve de ser hospitalizado por uma saturação insuficiente de oxigénio.

A segunda dose da vacina foi-lhe administrada em meados de agosto, mas desta vez com o fármaco Pfizer.

Luxemburgo regista mais de 4 mil novos casos durante o fim-de-semana

O Luxemburgo registou 4.425 novos casos de covid-19 durante o fim-de-semana, num total de cerca 13.500 testes de diagnóstico realizados.

O país reportou mais 4 mortes atribuídas à covid-19. O número total de óbitos associados a esta doença sobe para 938.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o Ministério da Saúde revela que estão internadas 72 pessoas, das quais 20 nos cuidados intensivos.

6.801 pessoas adquiriram nacionalidade luxemburguesa e 16% são portugueses

Um total de 6.801 pessoas adquiriu a nacionalidade luxemburguesa em 2021. Segundo os dados divulgados esta terça-feira pelo Ministério da Justiça, os portugueses foram o segundo grupo de estrangeiros a obter o passaporte luxemburguês, com 1.141 aquisições, ou seja, 16%.

Os franceses foram os mais numerosos, com 1.704 pessoas, enquanto os belgas ficaram em terceiro, com 844 aquisições.

Já entre as outras nacionalidades, houve menos aquisições: 289 alemães, 283 italianos e 201 britânicos.

Ainda segundo os números do Ministério da Justiça, do total, 4.558 pessoas obtiveram a nacionalidade luxemburguesa por opção, 1.363 através do mecanismo de recuperação (este mecanismo foi alargado até 31 dezembro de 2022) e 880 por naturalização.

Ministra Yuriko Backes participa nas primeiras reuniões do Eurogrupo e do ECOFIN

A nova ministra das Finanças, Yuriko Backes, participa desde ontem e até esta terça-feira, em Bruxelas, nas reuniões do Eurogrupo e do Conselho dos Assuntos Económicos e Financeiros (ECOFIN). Esta é a sua primeira participação em reuniões com os seus homólogos europeus desde a recente tomada de posse.

Os ministros vão fazer o balanço da situação económica na zona do euro, que continua em crescimento, apesar da incerteza ligada à onda Omicron.

Yuriko Backes e os seus homólogos vão ainda discutir a situação dos setores mais afetados pelas medidas sanitárias e as regras orçamentais europeias que estão a ser revistas.

No conselho ECOFIN, sob a presidência francesa, os vinte e sete ministros das Finanças vão debater a proposta de introdução de uma tributação global mínima às multinacionais na UE.

A ministra luxemburguesa das Finanças vai ter ainda encontros bilaterais com os seus novos homólogos e representantes da Comissão Europeia.

Preparação das obras de extensão das faixas na A3 arranca esta terça-feira

A fase de preparação do início das obras na autoestrada A3, entre o Luxemburgo e a França, vai arrancar esta terça-feira. Em causa está o alargamento do número de faixas de rodagem, de duas para três, entre os nós de Gaspercich e de Berchem.

A Administração de Pontes e Estradas refere que os trabalhos vão começar hoje com o arranque de algumas árvores nas laterais, no sentido Gasperich - Berchem, e a partir de 26 de janeiro no sentido inverso.

Os trabalhos preparatórios vão demorar cerca de 4 semanas e haverá reforço de medidas de segurança ao longo deste troço.

OGBL e Orange assinam primeira convenção coletiva

O sindicato OGBL e a empresa Orange Luxembourg assinaram um primeiro acordo coletivo de trabalho para os cerca de 150 funcionários da operadora de telecomunicações.

Depois de quase um ano de negociações, as duas partes acordaram que a convenção coletiva de trabalho tem validade de três anos, ou seja, de 1 de janeiro de 2022 a 31 de dezembro de 2024.

Do catálogo de medidas negociadas estão a criação de uma tabela salarial transparente, com perspetivas de progressão na carreira e o aumento salarial após 10 anos de antiguidade para os trabalhadores "não qualificados".

Entre várias outras medidas acordadas para os funcionários está a atribuição de um dia de folga adicional a todos trabalhadores e a introdução da reforma antecipada progressiva.

Maltesa Roberta Metsola eleita presidente do Parlamento Europeu

A maltesa Roberta Metsola, do Partido Popular Europeu (PPE), foi hoje eleita em Estrasburgo presidente do Parlamento Europeu para a segunda metade da legislatura, até 2024.

A sucessora do italiano David Sassoli, que faleceu na semana passada, foi eleita esta manhã com 458 votos entre 616 votos expressos.

A vitória de Metsola, até agora primeira vice-presidente do Parlamento Europeu, era já esperada, em função do entendimento entre as três maiores bancadas do hemiciclo.

Roberta Metsola, que cumpre hoje 43 anos, advogada, torna-se a terceira mulher a presidir ao Parlamento Europeu, e a primeira maltesa a dirigir uma instituição europeia.

Robert Lewandowski “bisa” eleição como o “The Best” da FIFA

O avançado polaco Robert Lewandowski venceu ontem pelo segundo ano consecutivo o prémio de melhor futebolista da FIFA, batendo na eleição de 2021 o argentino Lionel Messi e o egípcio Mohamed Salah.

Lewandowski é o quinto jogador a chegar aos dois troféus da FIFA, juntando-se a Lionel Messi (recordista, com seis), ao português Cristiano Ronaldo (cinco), aos brasileiros Ronaldo (três) e Ronaldinho (dois) e ao francês Zinédine Zidane (três).

Quanto ao feminino, a vencedora foi a espanhola Alexia Putellas, jogadora do FC Barcelona, que já tinha sido a galardoada com a Bola de Ouro.

O português Cristiano Ronaldo recebeu ontem o prémio especial da FIFA, por se ter tornado o melhor marcador mundial por seleções, e integrou o ‘onze’ do ‘onze do ano’ FIFA/FIFPro pela décima-quartaª vez, ao lado de Rúben Dias.

Ronaldo, que recebeu o prémio a finalizar a cerimónia, passou em 2021 a ser o melhor marcador de seleções, ao ultrapassar o iraniano Ali Daei, tendo, por agora, 115 golos.

Redação Latina | Lusa | Foto Guy Wolff


Notícias relacionadas

Le coût du logement au Grand-Duché reste un des plus élevés des pays d'Europe.
Luxembourg's Prime Minister Xavier Bettel arrives for the Eastern Partnership summit at The European Council Building in Brussels on December 15, 2021. (Photo by JOHANNA GERON / POOL / AFP)
ARCHIV - 08.12.2021, Sachsen, Leipzig: Ein Kinderarzt impft ein 7-jähriges Mädchen gegen das Covid19-Virus. (zu dpa: «Ansturm auf Beratung» zu Corona-Impfstoff bei Kindern») Foto: Jan Woitas/dpa-Zentralbild/dpa +++ dpa-Bildfunk +++
23.11.2021 Illustration Covid 19 , Corona Virus Coronavirus Covid-19  Covidcheck Regime Covid Check , Schnelltest , Impfung ( Achtung : Spritze Impfung illustrativ nur ( nachgestellt) )  Foto : Marc Wilwert / Luxemburger Wort
Pupils from an elementary school in Bischwiller, eastern France, listen to their teacher, on November 2, 2020, as part of a tribute to slain history teacher Samuel Paty, who was beheaded by an attacker for showing pupils cartoons of the Prophet Mohammed in his civics class, on October 19, 2020, in Conflans-Sainte-Honorine, northwest of Paris. - Schoolchildren across France were to observe a minute of silence at 11:00 am (1000 GMT), as students returned to classes after the autumn break, to remember Samuel Paty, 47, who was killed in Conflans-Sainte-Honorine, outside Paris, on October 16 just as the holiday began. Paty had shown his class a cartoon of the prophet Mohammed for a lesson on freedom of expression, spurring an online campaign targeting him. His killing further set France on edge as French president spearheads a campaign against Islamist radicalism. (Photo by PATRICK HERTZOG / AFP)