Sistema keyless explica parte do aumento de furtos de carros - Schneider

Sistema keyless explica parte do aumento de furtos de carros - Schneider

Radio Latina 20.04.2018

Sistema keyless explica parte do aumento de furtos de carros - Schneider

O número de carros roubados aumentou cerca de 27% num ano, no Luxemburgo. No ano passado, foram furtadas 2 424 viaturas contra 1 903 em 2016, segundo o relatório anual da polícia divulgado na semana passada.

A explicação para a subida do número de furtos de automóveis está, em parte, na tecnologia. O ministro da Segurança Interna, Étienne Schneider, diz que os novos sistemas keyless (sem chave) facilitam a vida aos ladrões.

Os sistemas keyless são uma tecnologia dita 'inteligente' que funciona através de sensores. Basta que o condutor tenha a chave digital no bolso das calças e se aproxime do carro para que as portas se destranquem automaticamente. Já para pôr o carro a trabalhar basta que o condutor carregue num simples botão (Start).

O problema é que os criminosos recorrem a um dispositivo capaz de detetar o sinal da chave à distância, permitindo-lhes facilmente roubar a viatura, uma vez que com os códigos digitais os ladrões entram no carro e que para acionar a ignição basta carregar num botão.

O ministro Schneider garante que a polícia está atenta e tem alertado a população para este fenómeno. O governante com a pasta da Segurança Interna garante ainda que a polícia tem intensificado o patrulhamento nos parques de estacionamento para evitar este tipo de roubo contra o qual não há muito a fazer.

Uma das recomendações para prevenir este tipo de furtos é guardar as chaves digitais num saco eletrostático, que poderá eventualmente bloquear a emissão do sinal.

Redação Latina