Serviço de Mediação na área da Saúde recebeu mais de 320 queixas desde maio de 2015

Serviço de Mediação na área da Saúde recebeu mais de 320 queixas desde maio de 2015

Radio Latina 16.03.2018

Serviço de Mediação na área da Saúde recebeu mais de 320 queixas desde maio de 2015

A funcionar há menos de três anos, o Serviço Nacional de Informação e Mediação na área da Saúde recebeu mais de 300 queixas. Desde maio de 2015, data em que o organismo começou a funcionar, foram abertos cerca de 320 dossiês.

A maior parte (40%) diz respeito ao setor hospitalar. Já a atividade extra-hospitalar representa cerca de 35% dos casos, sendo que “um número significativo” está relacionado com os cuidados prestados ao nível da medicina dentária.

Os dados foram revelados pelo responsável do serviço, Mike Schwebag, durante um encontro com a ministra da Saúde, Lydia Mutsch.

Citada num comunicado de imprensa, a governante traça um balanço “muito positivo” destes quase três anos de atividade e destaca “o papel particularmente importante” do serviço nacional de informação e mediação, acrescentando que a sua principal missão passa por “agir em prol dos pacientes e prevenir conflitos longos e queixas”.

O Ministério da Saúde tenciona por isso continuar a apostar na formação contínua destinada aos profissionais do setor sobre “gestão de emoções em caso de conflito”.

Redação Latina