Rainha Isabel II usa redes sociais para falar sobre atentado na Ponte de Londres
Radio Latina 02.12.2019

Rainha Isabel II usa redes sociais para falar sobre atentado na Ponte de Londres

Rainha Isabel II usa redes sociais para falar sobre atentado na Ponte de Londres

Radio Latina 02.12.2019

Rainha Isabel II usa redes sociais para falar sobre atentado na Ponte de Londres

A monarca prestou condolências às famílias das vítimas e saudou o trabalho dos socorristas.

Na passada sexta-feira, 29, Londres ficou em choque com um ataque terrorista na Ponte de Londres em plena luz do dia. 

Um homem esfaqueou cinco pessoas que passavam naquele momento. Duas delas morreram. O próprio atacante foi abatido pela polícia. Três feridos foram levados para o hospital. 

Após o ataque, a rainha Isabel II decidiu pronunciar-se sobre o ocorrido e usou as redes sociais para o fazer. No perfil oficial da família real britânica, pode ler-se a sua mensagem para as pessoas do Reino Unido. 

"O príncipe Philip e eu ficámos tristes quando soubemos dos ataques terroristas na Ponte de Londres. Enviamos os nossos pensamentos, orações e mais profunda simpatia a todos aqueles que perderam entes queridos e que foram afetados pela terrível violência de ontem", escreveu. 

Para além das condolências às famílias das vítimas, a monarca fez questão de enaltecer o trabalho dos socorristas. "Expresso os meus agradecimentos à polícia e aos serviços de emergência, bem como às pessoas corajosas que colocaram as suas próprias vidas em risco para ajudar e proteger os outros". 

Identidade das vítimas 

Sabe-se agora que as duas vítimas do atentado de Londres estavam a trabalhar num projecto para aproximar os mundos académico e prisional na Universidade de Cambridge: Jack Merritt, 25 anos, e Saskia Jones, 23 anos, foram esfaqueados até a morte por um ex-prisioneiro condenado por terrorismo, anunciou a polícia no domingo. 

Os dois diplomados da Universidade de Cambridge, participavam no programa "Learning Together", um programa de formação do Instituto de Criminologia que reunia estudantes e prisioneiros com o objetivo de reabilitá-los, "Jack como coordenador e Saskia como voluntário", afirmou a polícia em comunicado.   

Um dos três feridos já saiu do hospital. Os outros dois permanecem no hospital "em estado estável", segundo a polícia, e não querem ser identificados.

Ana Patrícia Cardoso  


Notícias relacionadas

A Police forensics tent is pictured on London Bridge in the City of London, on November 30, 2019, following the November 29 terror incident in which two people died after being stabbed. - A man suspected of stabbing two people to death in a terror attack on London Bridge was an ex-prisoner convicted of terrorism offences and released last year, police said Saturday. (Photo by Niklas HALLE'N / AFP)
29.11.2019, Großbritannien, London: Polizei am Tatort eines Vorfalls auf der London Bridge im Zentrum Londons.  Britischen Medien zufolge ist es auf der London Bridge in der britischen Hauptstadt zu einem gewaltsamen Zwischenfall gekommen. Dabei sollen mehrere Schüsse gefallen sein. Foto: Dominic Lipinski/PA Wire/dpa +++ dpa-Bildfunk +++