Princesa Haya fugiu para Londres para conseguir livrar-se do emir do Dubai
Radio Latina 1 2 min. 04.07.2019

Princesa Haya fugiu para Londres para conseguir livrar-se do emir do Dubai

Princesa Haya fugiu para Londres para conseguir livrar-se do emir do Dubai

Foto: Reuters
Radio Latina 1 2 min. 04.07.2019

Princesa Haya fugiu para Londres para conseguir livrar-se do emir do Dubai

A mulher do emir do Dubai estava desaparecida desde a semana passada. Rainha Isabel II pode ter ajudado a fuga do Dubai.

A princesa Haya Bint al-Hussein, sexta mulher de Mohamed bin Rashid al Maktum, emir de Dubai, surge agora refugiada em Londres, onde vai enfrentar o marido em tribunal para obter o divórcio. 

A informação foi avançada pelo jornal The Guardian. A embaixada dos Emirados Árabes Unidos em Londres disse ao jornal que não está envolvida no processo. “O governo dos Emirados Árabes Unidos não pretende comentar as alegações sobre a vida privada dos indivíduos. Quanto a saber se isso levantou algum problema com os nossos colegas alemães ou britânicos, a resposta é não”, afirmou. 

Londres não foi um local escolhido ao acaso. A princesa Haya, 45 anos, estudou na Bryanston School, em Dorset e na Universidade de Oxford. Para além disso, é amiga da família real britânica, à qual poderá ter pedido ajuda, segundo a imprensa britânica. Segundo o jornal espanhol El País, a rainha mantém uma boa relação com ambos, no entanto, há questões diplomáticas em cima da mesa já que a Grã-Bretanha mantém uma estreita relação com os Emirados Árabes Unidos. Haya al-Hussein terá os filhos consigo. Jalila, de 11, e Zayed, de 7 anos estão consigo na casa onde se refugiou, em Kensington Palace Gardens. 

A princesa é filha do falecido rei da Jordânia e meia-irmã do atual monarca, Abdullah. Um quarto de milhão de jordanos trabalha nos Emirados Árabes Unidos, por isso, é provável que o monarca não esteja interessado num  um conflito com o cunhado. 

Foto: Getty Images

No seu perfil oficial do Instagram, o emir publicou um poema furioso, onde acusa de “deslealdade e traição” uma mulher que preferiu não identificar.  O Emir contratou os serviços de Helen Ward, que tratou do divórcio de Madonna e Guy Ritchie. Já a princesa Haya é prepresentada por Fiona Shackleton, que foi a advogada do divórcio do príncipe Carlos e da princesa Diana. 

A fuga, que terá sido planeado por meses, surge como uma surpresa já que a princesa sempre falou de uma vida matrimonial feliz. Casaram em 2004, dois anos depois de se conhecerem em Jerez, Espanha. “Todos os dias fico maravilhada com as coisas que ele faz (...) Agradeço a Deus todos os dias a sorte que tenho por estar perto dele ”, disse numa entrevista à revista “Emirates Woman”, em 2016.  

MULHERES EM FUGA DO DUBAI

A princesa Haya não foi a primeira a fugir do Dubai. Sete meses antes Sheikha Latifa, uma das filhas do emir, fugiu do Dubai mas acabou por ser apanhada na Índia e obrigada a regressar a casa. Num vídeo publicado no YouTube enquanto esteve em parte incerta, Latifa conta como uma das suas irmãs — o emir do Dubai tem 23 filhos — tentou fugir de casa em 2000 por viver como uma prisioneira. Quando foi encontrada, a princesa regressou ao Dubai mas, segundo a irmã, vinha drogada pelos soldados de Mohammed bin Rashid Al Maktoum.  

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.