Pop Smoke. 'Rapper' norte-americano morto a tiro aos 20 anos
Radio Latina 19.02.2020

Pop Smoke. 'Rapper' norte-americano morto a tiro aos 20 anos

Pop Smoke. 'Rapper' norte-americano morto a tiro aos 20 anos

Radio Latina 19.02.2020

Pop Smoke. 'Rapper' norte-americano morto a tiro aos 20 anos

O 'rapper' nova-iorquino Pop Smoke, considerado aos 20 anos como uma das estrelas em ascensão do género, foi hoje morto a tiro, confirmaram várias publicações especializadas, junto da polícia de Los Angeles.

A Rolling Stone adiantava, a par de órgãos como o TMZ, que a polícia de Los Angeles, na Califórnia, foi chamada para uma emergência depois de atiradores encapuzados terem assaltado a casa onde o 'rapper' se encontrava.

O músico estava confirmado no cartaz da edição de estreia em Portugal do festival Rolling Loud, que se realiza em Portimão entre os dias 08 e 10 de julho, tendo o evento já lamentado a sua morte através das redes sociais.

Em setembro do ano passado, o New York Times incluía Pop Smoke nas suas previsões de outono, admitindo que seria o futuro "rei" do rap de Brooklyn, enquanto a XXL Mag escrevia, há duas semanas, que Pop Smoke se tinha transformado num dos mais entusiasmantes 'rappers' de Nova Iorque.

A morte do músico acontece poucos dias depois do lançamento da sua segunda 'mixtape', intitulada "Meet the Woo Vol. 2".

Pouco tempo depois de lançar a sua primeira faixa, "Welcome to the Party", Pop Smoke já colaborava com artistas como Nicki Minaj e Skepta, que fizeram remisturas do tema, tendo também colaborado com Travis Scott.

A publicação digital Pitchfork recorda que Pop Smoke estava entre os 'rappers' retirados do cartaz do Rolling Loud de Nova Iorque, no ano passado, a pedido da polícia local, citando riscos de violência.