'Ouviu primeiro na Rádio Latina'. O novo disco dos Remexido
Radio Latina 1 08.11.2019

'Ouviu primeiro na Rádio Latina'. O novo disco dos Remexido

'Ouviu primeiro na Rádio Latina'. O novo disco dos Remexido

Radio Latina 1 08.11.2019

'Ouviu primeiro na Rádio Latina'. O novo disco dos Remexido

Trio português que cruza influências do fado com sons do mundo edita hoje o álbum de estreia. Oiça aqui uma das músicas.

Chamam-se Remexido, são três e vêm de Almada. Esta sexta-feira, 8 de novembro, editam o seu primeiro disco de título homónimo, que a Latina lhe dá a conhecer em primeira mão.

O projeto composto por João Lima, Carlos Ribeiro e João Dacosta junta uma série de influências, onde se misturam a guitarra de portuguesa, o tango, o folk e o indie rock para criar aquilo que designam de "ambientes rock fadescos".

"É tango mediterrânico que veste fado com tiques de rock numa embarcação vadia, que teima em não ancorar no mesmo porto mais do que uma canção. Tem nostalgia, sedução e dança no corpo. A guitarra portuguesa sai fora de pé, o piano faz sapateado, o ritmo ferve e as vozes convidam", refere a editora do grupo, em comunicado.

Formados em 2015

'Remexido', o disco de estreia que agora lançam, é o resultado de um percurso de estrada que começou em 2015, quando os músicos, envolvidos até então noutros projetos e atividades, se juntaram. 

Desde esse ano têm percorrido vários pontos de Portugal, atuando, sobretudo, em teatros. O pendor teatral e cinematográfico, é, de resto, uma das características das composições do trio, que invocam ainda aspetos sociais de uma portugalidade cada vez mais diversificada.

O álbum contém, por isso,13 temas bastante heterogéneos, dos quais oito são cantados em Português. 

Sem um single oficial, destacam-se canções como 'O que lá vai lá vai', 'Chorar noutro ombro' ou 'Mulata', cujo vídeo pode ver abaixo. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

AT


Notícias relacionadas

Catia de Oliveira acompanhada por Rui Pedro Claro na guitarra portuguesa e Joaquim Caniço na viola