Os Slipknot defendem banda associada a tiroteio nos EUA
Radio Latina 1 07.08.2019

Os Slipknot defendem banda associada a tiroteio nos EUA

Slipknot

Os Slipknot defendem banda associada a tiroteio nos EUA

Slipknot
Foto: Michael Braun
Radio Latina 1 07.08.2019

Os Slipknot defendem banda associada a tiroteio nos EUA

A banda "The Acacia Strain" está a ser criticada por t-shirt que usava o atirador em Dayton, Ohio.

No passado fim de semana, os Estados Unidos acordaram para mais duas tragédias. Em apenas 24 horas, dois jovens norte-americanos causaram 29 mortes em dois tiroteios. 

Patrick Crusius foi o responsável do primeiro, que aconteceu no sábado de manhã junto a um complexo comercial em El Paso, no estado do Texas, e tirou a vida a 20 pessoas, ferindo outras 26. Na madrugada de domingo Connor Betts causou a morte de 9 pessoas num tiroteio em Dayton, Ohio. Acabou por ser abatido. 

Betts usava uma t-shirt dos Acacia Train com a frase "Sem coração para temer, sem alma para roubar", da música "Ramirez". 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Jim Heath, um repórter "Dayton Local", publicou no Twitter que o "suspeito do #Daytonshooting usava uma camisola preta que dizia: 'Sem coração para temer, sem alma para roubar'. O slogan é acreditado para ser de uma canção odiosa e vingativa chamada Ramirez por The Acacia Strain, uma banda de metalcore. "

O 'tweet' tem sido muito criticado e, inclusive, Corey Taylor, dos Slipknot, veio em defesa da banda. "Não. Não pode fazer isso. Isso não é sobre a merda de uma camiseta. E os 'Acacia Strain' não é uma banda odiosa ou vingativa. Culpe o KILLER; não o maldito WARDROBE (guarda-roupa)." disse. 

Entretanto, o próprio vocalista da banda, Vincent Bennett, publicou na mesma rede social: “O que aconteceu em Dayton foi horrível. Só por saber que o atirador tinha uma sweatshirt nossa fico doente. Não há desculpas para isto. Mas qualquer pessoa sabe que nós não aceitamos este comportamento. Ninguém tem o direito de tirar a vida a alguém”.



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.