Os milhões de "A Guerra dos Tronos". Em que se gasta tanto dinheiro?
Game of thrones

Os milhões de "A Guerra dos Tronos". Em que se gasta tanto dinheiro?

Foto: DR
Game of thrones
Radio Latina 2 min. 13.04.2019

Os milhões de "A Guerra dos Tronos". Em que se gasta tanto dinheiro?

Atores, paisagens deslumbrantes, cenas de batalha épicas. Para onde vai o dinheiro na produção da série mais famosa de sempre?

 Em 2011, quando a Guerra dos Tronos estreou, nada fazia prever o fenómeno mundial que se geraria em torno dos Sete Reinos. Em 2014, já tinha ultrapassado os Sopranos como a série mais vista da HBO, com 20 milhões de espectadores. Na sexta temporada, cada episódio tinha cerca de 25,7 milhões de pessoas a assistir nas diferentes plataformas.

Conquistar esta legião de fãs tem um preço. No caso de GOT, bastante elevado. O site Marketplace.com fez as contas e divulgou alguns valores da série e são mesmo impressionantes.

É a série mais cara por episódio

Nas primeiras temporadas, cada episódio custava cerca de seis milhões de dólares (5,3 milhões de euros). O triplo do que normalmente custam os episódios de uma série de televisão. Na segunda temporada, o episódio “Blackwater” custou oito milhões.

As cenas de batalha não são baratas

Na sexta temporada, o orçamento final foi 100 milhões de dólares (88 milhões de euros) para os 10 episódios. O mais caro terá sido “Bastardos”, com a cena de batalha mais cara até agora (provavelmente ultrapassada pela batalha final que vai acontecer na oitava temporada). Foram necessários 600 membros da equipa técnica, 500 extras, 160 toneladas de cascalho, 70 cavalos, 25 duplos, 4 equipas de câmara e 25 dias para filmar tudo isso.

As cenas de nudez também não

Uma das cenas mais emblemáticas de todas as temporadas é o “walk of shame” (caminhada da vergonha) de Cersei. Foram quatro dias de filmagens, a 50 mil dólares (44 mil euros) por dia. Para manter o secretismo, foram contratados 200 seguranças e todos os telefones foram banidos.

Os milhões dos atores

O cast principal da série que incluí Emilia Clarke (Daenerys), Kit Harington (Jon Snow), Lena Headey (Cersei), Peter Dinklage (Tyrion) ou Nikolaj Coster-Waldau (Jaime Lannister), ganhavam 1.1 milhão por episódio, nas últimas temporadas.

Para além deste valor, ainda recebiam uma percentagem dos direitos de transmissão nos 170 países onde a série é transmitida.

O custo das paisagens deslumbrantes

Um artigo da revista Fortune afirma que o investimento da agência oficial  norte irlandesa que apoia o cinema e o desenvolvimento de séries televisivas, Northern Ireland Screen, foi de 18.28 milhões de dólares (15 milhões de euros) na série. Em contrapartida, o país teve um retorno de cerca de 224 milhões em despesas de filmagem e turismo. Não foi um mau negócio.

A Croácia, sobretudo Dubrovnik (onde foi filmada a cena “walk of shame” de Cersei) também beneficiou em muito do turismo de fãs da Guerra dos Tronos.

Quando filmaram na Islândia, entre 2011 e 2012, a equipa tinha mais de 250 membros e precisaram de 500 carros alugados e 3 mil quartos de hotel.

 Ana Patrícia Cardoso  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.