Meghan Markle pode enfrentar o pai em tribunal
Radio Latina 2 min. 07.10.2019

Meghan Markle pode enfrentar o pai em tribunal

Meghan Markle pode enfrentar o pai em tribunal

AFP
Radio Latina 2 min. 07.10.2019

Meghan Markle pode enfrentar o pai em tribunal

Thomas Markle vai a Londres explicar porque deu a carta que a filha lhe escreveu ao jornal britânico que a duquesa está a processar.

Meghan Markle poderá vir a ter de ficar cara a cara com o seu pai, Thomas Markle, a quem não vê desde 2015. E o cenário do reencontro não será o melhor. 

A ex-atriz de 38 anos e o seu progenitor deverão voltar a ver-se em tribunal, na sequência do processo contra vários tablóides britânicos, movido por Meghan, por alegadamente terem divulgado uma carta privada que a duquesa enviou ao pai. 

 A missiva de cinco páginas, escritas à mão, terá sido enviada em agosto de 2018, três meses depois do casamento com Harry, para o qual Thomas Markle não foi convidado. 

Fotografia antiga de Thomas Markle segurando Meghan em bebé que a ex-atriz tinha publicada no seu instagram.
Fotografia antiga de Thomas Markle segurando Meghan em bebé que a ex-atriz tinha publicada no seu instagram.

 Segundo os media britânicos, foi este quem revelou partes do conteúdo da carta à imprensa, inicialmente publicados pelo 'Mail on Sunday'. A este jornal, o pai de Meghan Markle justificou a decisão, dizendo ter-se sentido forçado a fazê-lo depois de ter sido "difamado" pelas pessoas do círculo íntimo da filha. 

Pai diz que quer se "defender"

Em causa, está um artigo publicado na revista 'People', que cita amigos próximos da duquesa, que terão indicado que Thomas Markle teria recusado fazer as pazes com a filha, apesar das tentativas desta. "Tive de me defender", afirmou ao 'Mail on Sunday', negando o facto de não ter tentado estabelecer contacto com a filha depois desta ter casado, bem como  os rumores de que teria recebido dinheiro deste jornal para revelar o conteúdo da carta. 

 "Decidi revelar partes da carta por causa do artigo da revista 'People' com os amigos de Meghan. Tive de me defender. E só revelei algumas partes da carta porque as outras eram demasiado dolorosas", afirmou, dando a entender que o texto não tinha um "tom afetuoso". "Achei a carta dolorosa", rematou. 

Harry compara Meghan a Diana

No início deste mês, o príncipe Harry anunciou, num texto, publicado no site oficial dos duques de Sussex, que a sua mulher iria processar judicialmente o 'Mail on Sunday' por ter publicado "ilegalmente" uma correspondência privada. 

Nesse texto, o príncipe e duque de Sussex criticou a imprensa britânica por distorcer factos sobre a sua mulher e dar uma imagem errada sobre ela, tendo-se aproveitado da sua ausência da esfera pública durante a gravidez para veicular informações incorretas. 

Harry comparou esse tratamento, por parte dos media, àquilo que a sua mãe, a princesa Diana, viveu. "Perdi a minha mãe e agora vejo a minha mulher a ser vítima das mesmas forças poderosas", escreveu. Na passada sexta-feira, foi também noticiado que Harry agiu legalmente contra os jornais Sun e Mirror, por escutas telefónicas ilegais. 

 


Notícias relacionadas

Britain's Prince Harry (R) and his US fiancee Meghan Markle arrive to attend a service of commemoration and thanksgiving to mark Anzac Day in Westminster Abbey in London on April 25, 2018.
Anzac Day marks the anniversary of the first major military action fought by Australian and New Zealand forces during the First World War. The Australian and New Zealand Army Corps (ANZAC) landed at Gallipoli in Turkey during World War I. / AFP PHOTO / Adrian DENNIS