Megan Markle admite luta na vida real. "Pouca gente pergunta se estou bem"
Radio Latina 1 21.10.2019 Do nosso arquivo online

Megan Markle admite luta na vida real. "Pouca gente pergunta se estou bem"

Megan Markle admite luta na vida real. "Pouca gente pergunta se estou bem"

Radio Latina 1 21.10.2019 Do nosso arquivo online

Megan Markle admite luta na vida real. "Pouca gente pergunta se estou bem"

A duquesa de Sussex revelou que "é uma luta" tentar conjugar todos os papeis - mãe, recém-casada, duquesa - e que nem sempre "está tudo ok".

Desde que casou com o príncipe Harry, Meghan Markle deu a entender que abraçou a nova vida enquanto membro da família real com confiança e à vontade.

No entanto, em conversa com o jornalista Tom Bradby, que passou dez dias com os duques de Sussex, Meghan falou, pela primeira vez, sobre a luta diária "nem sempre fácil" que enfrenta neste novo papel. 

O encontro fez parte do documentário "Harry & Meghan: An African Journey", do canal de televisão britânico ITV, que acompanhou o casal em visita oficial pela África do Sul, Angola, Botswana e Malawi. Estreou no passado domingo, 20 de outubro. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

"Qualquer mulher, especialmente quando está grávida, está muito vulnerável. Por isso, foi muito desafiador", começou por dizer. 

"E então, quando temos um recém-nascido... E especialmente como mulher, é muito complicado. Adicione ser mãe pela primeira vez e ser também recém-casada". 

É visível o esforço de Meghan em conter as lágrimas. Bradby pergunta-lhe se está bem e como a pressão à sua volta afeta a sua saúde mental e física. A duquesa agradece a preocupação, já que pouca gente acaba por não o fazer. 

"Obrigado por perguntar. Poucas pessoas perguntam se estou bem. É bastante real o que se passa nos bastidores." 

No momento mais emotivo do excerto da entrevista, o jornalista tentou esclareceu que, no caso, o que Meghan queria dizer é que não "estava tudo bem e que tem sido uma luta". A duquesa respondeu 'sim'. 

#WeLoveYouMeghan

Após a divulgação da entrevista, a hashtag #WeLoveYouMeghan foi usada por 70 mil utilizadores do Twitter incluindo algumas personalidades como Monica Lewinsky e Mia Farrow.






Notícias relacionadas

Meghan Markle recebe apoio do parlamento inglês

Radio Latina por Ana Patrícia CARDOSO 2 min. 30.10.2019