Luxemburgo lembra hoje as mais de 3.000 vítimas do desabamento do Rana Plaza (C/ÁUDIO)
Radio Latina 24.04.2018

Luxemburgo lembra hoje as mais de 3.000 vítimas do desabamento do Rana Plaza (C/ÁUDIO)

Luxemburgo lembra hoje as mais de 3.000 vítimas do desabamento do Rana Plaza (C/ÁUDIO)

Radio Latina 24.04.2018

Luxemburgo lembra hoje as mais de 3.000 vítimas do desabamento do Rana Plaza (C/ÁUDIO)

Aconteceu há precisamente cinco anos e chocou o mundo. Mais de 1.100 pessoas morreram e cerca de 2.500 ficaram feridas no desabamento do edifício Rana Plaza, em Daca, no Bangladesh. Um imóvel de oito andares que albergava fábricas têxteis e lojas. A catástrofe é lembrada hoje no Luxemburgo, numa ação promovida pela associação Fairtrade Lëtzebuerg e pela Caritas, no âmbito da campanha “Rethink your Clothes”, que alerta para a pegada ecológica e para a violação dos direitos dos trabalhadores associados à indústria têxtil. A ação de hoje tem como objetivo sensibilizar o público luxemburguês para estes problemas e é uma das iniciativas previstas no âmbito da campanha. Ouvido pela Rádio Latina, o presidente da Fairtrade, Jean-Louis Zeien, lembrou a tragédia e o facto de muitas vezes nos esquecermos que a produção têxtil envolve o trabalho infantil.

Jean-Louis Zeien é precisamente um dos responsáveis que falará ao público, ao início da tarde (12:20), na Place d'Armes, onde vai decorrer a ação de sensibilização. O ministro da Cooperação e Ação Humanitária, Roimain Schneider, e a presidente da Caritas, Marie-Josée Jacobs, também irão discursar. Redação Latina