Luxemburgo é o país mais rico do mundo
Radio Latina 13 min. 03.08.2022
Atualidade em síntese 03 AGO 2022

Luxemburgo é o país mais rico do mundo

Atualidade em síntese 03 AGO 2022

Luxemburgo é o país mais rico do mundo

Radio Latina 13 min. 03.08.2022
Atualidade em síntese 03 AGO 2022

Luxemburgo é o país mais rico do mundo

Luxemburgo subiu duas posições em três anos.

O Luxemburgo é o país mais rico do mundo, com um Produto Interno Bruto per capita anual de 140,694 dólares. Estes dados são referentes a 2022 e foram divulgados pela Global Finance, que tem como fonte o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Ainda em 2019, o Grão-Ducado ocupava o terceiro lugar do ranking, com 108,081 dólares de PIB.

Logo atrás do Luxemburgo segue Singapura, Irlanda e Qatar. Portugal ocupa a 45a posição com 40,805 dólares de PIB numa lista de mais de 190 países.

No fim da tabela aparecem nações africanas: Burundi, Sudão do Sul e República Centro-Africana.

O PIB per capita é o indicador que compara os países de forma proporcional, dividindo o produto do período pela quantidade de pessoas no país.

Um cálculo que permite perceber quais economias estão entre as mais prósperas. Mesmo países pequenos, como o Luxemburgo, conseguem assim atingir níveis elevados deste indicador por serem mais produtivos.

Statec prevê nova indexação dos salários ainda este ano

São as mais recentes previsões económicas do Instituto Nacional de Estatística (Statec): há uma nova parcela da indexação salarial prevista para o quarto trimestre deste ano. Quer isto dizer que os salários deverão aumentar 2,5% e que o Governo e parceiros sociais deverão voltar a sentar-se à mesa das negociações, para mais uma reunião tripartida.

Recorde-se que, no seguimento do acordo tripartido de março – que não contou com o apoio da central sindical OGBL –, o Executivo decidiu adiar as próximas tranches da indexação salarial para abril de 2023, substituindo-as pelo chamado crédito fiscal de energia, que começou a cair na conta bancária dos trabalhadores no final de julho.

A medida gerou polémica e foi considerada pela OGBL e também por partidos como o Déi Lénk como uma ameaça ao mecanismo de adaptação dos ordenados à inflação, levando o Governo a recuar e a comprometer-se com uma nova reunião tripartida no caso de haver uma nova tranche do ‘index’.

De acordo com uma curta nota enviada às redações, o Ministério de Estado lembra isso mesmo. “O acordo entre o Governo, a União das Empresas Luxemburguesas e as organizações sindicais LCGB e CGFP de 31 de março de 2022 estipula que o Governo se compromete a convocar uma nova reunião do Comité de Coordenação Tripartida ‘caso a situação económica e social venha a piorar ao longo do ano de 2023 ou caso uma tranche suplementar da indexação salarial seja acionada em 2022”, pode ler-se no comunicado.

A nota acrescenta ainda que, “neste contexto, foi pedido ao Statec que atualizasse as suas previsões para a primeira semana de setembro de 2022. Com base nesta evolução,uma próxima reunião do Comité de Coordenação tripartida poderá ser convocada”.

A mesma nota refere que a inflação deverá atingir os 6,6% este ano e os 5,3% em 2023, caso a guerra na Ucrânia perdure.

Disponível formulários para empresas que precisam de ajuda devido ao aumento dos preços da energia 

Já estão disponíveis os formulários para as empresas que precisam de uma ajuda financeira estatal, a fim de compensar o aumento dos preços da energia.

O pacote prevê dois regimes de ajudas. Uma das ajudas destina-se às empresas consideradas grandes consumidoras de energia e a outra visa as despesas acrescidas devido ao aumento do preço do gasóleo e destina-se nomeadamente a empresas dos setores dos transportes e da construção.

Ao todo, o Governo prevê disponibilizar um total de 225 milhões de euros para ajudar as empresas afetadas pelo aumento dos preços da energia e poderá beneficiar entre 150 a 200 empresas do Grão-Ducado.

Para poder beneficiar das ajudas, basta preencher os formulários que se encontram no site Guichet.lu. Mas há que respeitar as datas limite para introduzir o pedido.

Grande interesse nas escolas internacionais do país

O interesse é grande para integrar a nova escola internacional, que vai abrir portas este mês de setembro na Cidade do Luxemburgo. Até à data há 300 alunos pré-inscritos na nova escola Gaston Thorn, para integrar o primeiro ano do ensino fundamental.

Para conseguir satisfazer a grande procura, o Ministério da Educação decidiu abrir mais duas turmas que o inicialmente previsto, passando de sete para nove turmas, só no ensino primário.

Uma situação que faz com que a escola provisória, em Cessange, tenha já de ser aumentada no decorrer do próximo ano escolar.

Note-se que as escolas europeias públicas são gratuitas e os alunos podem escolher entre três secções: inglês, francês ou alemão, sendo que o luxemburguês é sempre obrigatório.

Na nova escola primária Gaston Thorn, não vai, no entanto, haver secção de alemão, por falta de inscrições. O interesse é mais elevado nas secções de francês e inglês.

A escola internacional Gaston Thorn torna-se na sexta escola deste tipo no Grão-Ducado, sendo que no ano passado cerca de 4.600 alunos frequentaram este tipo de ensino.

Cruz Vermelha faz apelo urgente a dadores de sangue

A Cruz Vermelha luxemburguesa lançou um apelo urgente a dadores de sangue devido à velocidade com que as reservas de sangue do Luxemburgo estão a esgotar-se.

Num comunicado, a diretora do centro de transfusão sanguínea, Anne Schuhmacher, sublinha que atualmente o stock disponível de sangue para os hospitais luxemburgueses é de apenas seis dias.

A diretora frisa que, mesmo durante o verão, a procura de produtos sanguíneos é elevada. No entanto, muitos dodores estão de férias.

Para além disso, as vagas de infeções covid-19 fizeram com que nos últimos meses, tivesse havido menos dadores de sangue. Acumulando estes fatores, o stock de sangue acabou por atingir um nível excecionalmente baixo.

Todos os adultos entre os 18 e os 60 anos de idade podem doar sangue no Luxemburgo. Cerca de 13.000 pessoas estão registadas como dadores junto da Cruz Vermelha.

O Centro de Transfusão Sanguínea da Cruz Vermelha Luxemburguesa pode ser contactado pelo tel. 27 55 4000. 

Homem agride transeuntes e revolta-se contra polícia

Um homem agrediu vários transeuntes no boulevard Royal, na Cidade do Luxemburgo, na terça-feira à noite, pouco depois das 21h.

As autoridades policiais foram informadas e, pouco tempo depois, uma patrulha da polícia conseguiu intercetar o homem, quando este estava a agredir uma mulher idosa.

Os agentes tentaram imobilizá-lo para o levar para a esquadra, mas este revoltou-se e também agrediu os polícias. Finalmente, foi possível deter o homem.

Nesta ação, duas pessoas e um agente da polícia ficaram com ferimentos ligeiros. As pessoas que presenciaram estes atos devem contactar as autoridades policiais (113).

Bombeiros luxemburgueses fizeram formação em Portugal

Quatro membros do Centro de Incêndio e Socorro (CIS) de Mondorf-les-Bains estiveram em formação em Vale de Cambra e familiarizaram-se com técnicas antigas.

A formação fez parte de uma visita simbólica a Vale de Cambra, que está geminada com Mondorf-les-Bains desde 2018. A corporação de bombeiros do município português, com 82 funcionários, acolheu os convidados do Luxemburgo e mostrou-lhes os veículos de emergência e os meios aéreos de combate.

Tal como em Portugal, este verão, os prados, campos e florestas em torno de Mondorf-les-Bains, no Grão-Ducado, também estão extremamente secos. O risco de incêndios florestais é, por isso, muito elevado.

Creos. Depois do ciberataque, veio a chantagem

Depois de efetuar um recente ciberataque ao grupo energético luxemburguês Encevo, os hackers do intitulado grupo 'BlackCat' estão a exigir um resgate monetário.

Se o detentor das empresas Creos e Enovos não ceder à chantagem, os hackers ameaçam divulgar publicamente online os 180 mil ficheiros roubados, num total de 150 gigabytes.

Os ficheiros incluem documentos da Creos, que envolvem contratos, faturas, emails e também cópias de bilhetes de identidade de milhares de clientes.

A Encevo já apresentou uma queixa à polícia luxemburguesa e diz ter "tomado todas as medidas necessárias em colaboração com as autoridades competentes".

Questionado sobre o montante pedido pelos piratas informáticos, a empresa recusou-se a fornecer essa informação.

Luxemburgo em alerta amarelo devido ao calor

O Luxemburgo está esta quarta-feira sob alerta amarelo devido à previsão de calor intenso, com as temperaturas máximas a atingirem os 34 graus.

O alerta amarelo vai vigorar entre as 12h e as 20h.

Para quinta-feira prevê-se ainda mais calor, com as temperaturas a atingirem os 36 graus.

Para o resto da semana está previsto uma descida ligeira das temperaturas, que poderão oscilar entre os 25 e os 27 graus.

Beber muita água e evitar esforços físicos, são dois conselhos importantes para suportar esta onda de calor da melhor forma, sem prejudicar a saúde.

Príncipe Louis faz 36 anos

O príncipe Louis celebra hoje o seu 36.° aniversário.

Louis é o terceiro de cinco filhos do Grão-Duque Henri e da Grã-Duquesa Maria Teresa e nasceu a 3 de agosto de 1986. O príncipe renunciou ao direito de sucessão ao trono há mais de dez anos, depois de ter casado com Tessy Antony, com quem teve dois filhos – os príncipes Gabriel e Noah de Nassau – e de quem se separou em 2017.

Piscina de Belair fechada até 4 de setembro

A autarquia da Cidade do Luxemburgo vai encerrar a piscina de Belair durante um mês, para trabalhos de manutenção.

Sem dar mais detalhes, a comuna da capital refere apenas, numa curta nota, que a piscina Belair (rue d'Ostende, n° 14) vai estar fechada entre esta sexta-feira, 5 de agosto, a partir das 15h, até 4 de setembro.

João Magno troca Canelas pelo F91 Dudelange

O F91 Dudelange conta com mais um reforço, tendo em vista a época 2022/2023 e os próximos jogos da Liga Europa. Trata-se de João Magno, atacante brasileiro de 1,95 metros, que jogava no Canelas, da Liga 3 portuguesa.

O treinador Carlos Fangueiro conta assim com mais um reforço para o jogo de quinta-feira, frente ao Malmo, na Suécia, para a Liga Europa.

O jogador de 25 anos marcou na época passada 11 golos em 27 jogos pelo Canelas. Depois de ter passado pelo Braga B e de ter rescindido o recente contrato com o Paços de Ferreira, o gigante brasileiro vai jogar no Luxemburgo.

UE com novas regras para equilíbrio entre vida profissional e familiar

A partir de agora, todos os Estados-membros da União Europeia têm de respeitar normas mínimas em matéria de licença de paternidade, maternidade, parental e de prestação de cuidados. A diretiva europeia para conciliação entre a vida profissional e familiar entrou em vigor ontem.

As novas regras estabelecem ainda direitos adicionais, tais como o direito de solicitar disposições de trabalho flexíveis, que ajudarão as pessoas a desenvolver as suas carreiras e a sua vida familiar sem a terem de sacrificar.

A diretiva permite, por exemplo, que os trabalhadores saiam do emprego para cuidar de familiares que necessitam de apoio.

Em relação às trabalhadoras grávidas, as mulheres têm direito a um mínimo de 14 semanas de licença de maternidade, sendo pelo menos duas obrigatórias, ao passo que os pais trabalhadores têm direito a pelo menos 10 dias úteis de licença de paternidade por volta da data de nascimento da criança.

EUA e Taiwan prometem firmeza apesar da ameaça militar chinesa

A líder da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos garantiu hoje que Washington não vai abandonar Taipé, enquanto a Presidente de Taiwan assegurou que a ilha vai manter-se firme face à ameaça militar chinesa.

"Não vamos abandonar o nosso compromisso com Taiwan", afirmou Nancy Pelosi, cuja visita à ilha desencadeou a indignação de Pequim.

Taiwan "não vai desistir" face à ameaça das armas, disse por sua vez Tsai Ing-wen, quando Pequim anunciou uma série de exercícios militares junto à ilha em retaliação à visita da responsável norte-americana.

Nancy Pelosi é a mais importante responsável norte-americana a visitar a ilha em 25 anos. A China, que considera Taiwan parte do seu território, chamou à visita uma grande provocação e ameaçou os Estados Unidos de retaliação.

Os Estados Unidos já disseram estarem “preparados” para uma resposta da China.

Coreia do Norte, Cuba e Venezuela repudiam visita de Nancy Pelosi a Taiwan

A Coreia do Norte, Cuba e Venezuela repudiaram a visita da líder da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos a Taiwan e expressaram apoio total à China.

Nancy Pelosi, que chegou a Taipé na terça-feira à noite, é a mais importante responsável norte-americana a visitar a ilha em 25 anos. A China, que considera Taiwan parte do seu território, chamou à visita uma grande provocação e ameaçou os Estados Unidos de retaliação.

No mesmo dia, Pequim convocou o embaixador norte-americano para censurar a viagem "chocante".

Citado pela agência noticiosa oficial chinesa, o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da China disse que "esta ação é extremamente chocante e as consequências serão extremamente graves", advertindo ainda que “a China não vai ficar sem reação”.

A viagem de Pelosi aumentou a tensão entre as duas maiores economias do mundo.

Os Estados Unidos já disseram estarem “preparados” para uma resposta da China.

ONG pedem à UE que se envolva no Mediterrâneo para salvar migrantes

As organizações SOS Méditerranée, Médicos Sem Fronteiras e Sea-Watch pediram hoje aos países da União Europeia um dispositivo de busca e salvamento no Mediterrâneo Central que salve os migrantes e lhes dê um porto seguro para desembarcarem com brevidade.

O apelo destas organizações não-governamentais (ONG) surge numa altura em que um total de 659 migrantes – incluindo 150 menores – esperam há dias a bordo do navio de MSF Geo Barents que um país europeu lhes diga onde podem desembarcar.

Estas organizações humanitárias sublinharam, em comunicado, que “na época de verão, quando as condições meteorológicas são mais favoráveis para tentar uma viagem tão perigosa, as saídas da Líbia são mais frequentes, pelo que é necessária uma frota adequada de busca e salvamento”.

Gosta de cantar? O concurso The Voice vai chegar a Differdange

O famoso concurso televisivo 'The Voice' França e a versão infantil 'The Voice Kids' vão realizar um casting em Differdange, no próximo dia 3 de setembro, em busca de novos concorrentes para a próxima edição. 

Para concorrer, tem de enviar um vídeo seu a cantar, ou do seu filho ou familiares, de apenas alguns minutos e captado por um telemóvel. 

O vídeo deve ser enviado para thevoice@radiodirect.net até ao próximo dia 21 de agosto e depois é esperar. 

 Se for um dos escolhidos, será contactado para a próxima etapa da candidatura: o casting em Differdange. Os eleitos irão atuar ao vivo no dia 3 de setembro, em Differdange.

Redação Latina | Lusa | Foto: Gerry Huberty


Notícias relacionadas

ARCHIV - 24.01.2020, Baden-Württemberg, Sinsheim: Ein Lehrer unterrichtet in einem Klassenzimmer der Kraichgau-Realschule.     (zu dpa «Rund 4000 Lehrer im Südwesten werden über die Sommerferien arbeitslos») Foto: Marijan Murat/dpa +++ dpa-Bildfunk +++
Claude Wiseler / Foto: Elena Arens