Lula da Silva vai casar-se com noiva que apresentou à saída da prisão
Radio Latina 5 min. 21.11.2019

Lula da Silva vai casar-se com noiva que apresentou à saída da prisão

Lula da Silva vai casar-se com noiva que apresentou à saída da prisão

Radio Latina 5 min. 21.11.2019

Lula da Silva vai casar-se com noiva que apresentou à saída da prisão

O enlace entre o líder do PT, de 74 anos, e Rosângela da Silva, de 52, será já no próximo mês. Uma paixão que cresceu entre grades.

O antigo presidente do Brasil vai casar-se em dezembro. E este foi o primeiro anúncio que Lula da Silva fez à multidão que o esperava à saída da prisão em Curitiba, abraçado à sua noiva, Rosângela da Silva, ou Janja como é carinhosamente tratada pelos mais próximos.

“Quero apresentar-vos uma pessoa especial”, começou por dizer o líder petista feliz apontando para socióloga Rosângela da Silva.

“Consegui a proeza de, preso, encontrar uma namorada, estar apaixonado e ela aceitar casar comigo”, declarou o líder do Partido dos Trabalhadores, no dia 8 de novembro, minutos depois de deixar a sede da polícia federal no Paraná, onde após 19 meses detido conseguiu sair em liberdade, graças a uma anulação do Supremo Tribunal Federal.

A seu lado, Rosângela da Silva, a noiva de 52 anos, sorria e abraçava-o. Depois do anúncio, Lula beijou a namorada.

Lula da Silva costumava comentar na brincadeira que iria “casar virgem”, pois não lhe eram permitidas visitas íntimas na prisão.

Cerimónia simples

De acordo com os planos do casal, o enlace deverá realizar-se já no mês que vem, em dezembro, numa cerimónia simples e íntima, apenas para os familiares e amigos mais chegados.

O músico Chico Buarque e Cristiano Zanin, o advogado que coordena a defesa do ex-presidente, serão dois dos padrinhos do casamento que se realiza em São Bernardo do Campo, onde Lula tem casa e onde começou a sua carreira de sindicalista e de político. Curiosamente, foi nesta localidade que nasceu a primeira mulher do líder petista, Marisa Letícia Rocco, com quem Lula esteve casado durante mais de 40 anos e que faleceu, em fevereiro de 2017, vítima de um AVC.

 Os planos deste terceiro casamento do político foram revelados à imprensa brasileira pelo seu advogado e futuro padrinho.

Um amor que se fortaleceu entre as grades

Após a saída do noivo da prisão, Rosângela da Silva apresentou a sua demissão do seu emprego na área da responsabilidade social, na empresa estatal Itaipu, onde trabalhou durante 14 anos e auferia um salário de 20 mil reais (4.300 euros).

AFP

Nos últimos anos, Janja estava na filial da empresa em Curitiba e usava os dias de folga e os finais do dia para visitar o namorado ou ir até à porta da prisão juntar-se aos outros apoiantes de Lula.

O dia da visita era às quintas-feiras. Depois de receber a visita dos familiares, era a vez de Rosângela ir confortar o ex-presidente do Brasil. Durante mais de uma hora estava à conversa com ele na prisão, onde ele cumpria uma pena de 8 anos, inicialmente seria de 12 anos, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Outras vezes Janja ficava à porta da prisão com os outros apoiantes de Lula que diariamente se agrupavam naquele local para gritar “bom dia presidente”, “boa tarde presidente” e “boa noite presidente”. Para que o líder do PT soubesse que não estava sozinho.

O anúncio do namoro e a aliança

Os rumores de que o viúvo Lula da Silva estava a namorar na prisão surgiram em maio, e foram logo confirmadas por um amigo do líder petista.

“Está apaixonado e seu primeiro projeto quando sair da prisão é o de se casar”, revelou Luiz Carlos Bresser Pereira, economista e amigo do ex-presidente, depois de o visitar um dia.

Uma revelação que terá caído mal entre os seus amigos mais próximos e a sua família, mas esta terá sido combinada com o próprio Lula, como prova de amor a Janja.

Ainda na prisão, ele começou a usar uma aliança na mão direita. O anel foi oferecido pela namorada, no dia em que ela lhe perguntou se a relação dos dois era séria, como contou a revista brasileira ‘Época’.

AFP

Lula da Silva disse-lhe que sim, ao que Rosângela lhe impôs então a aliança: “Então vai usar isto”.

De acordo com esta revista, os quatro filhos do político não reagiram bem ao namoro do pai. O único contacto de Janja com a família é com a neta da filha mais velha do presidente, fruto do seu primeiro casamento, do qual também enviuvou. Este contacto é feito apenas pelo Facebook, onde as duas trocam elogios, revela o ‘Correio Brazileirense’.

Da amizade ao amor antes da cadeia

Tudo começou com uma amizade entre os dois há muitos anos atrás. Rosângela pertence ao PT desde a década de 80.

AFP

Segundo a revista ‘Isto É’, a socióloga terá conhecido o ex-presidente do Brasil em 1993, durante uma das suas “caravanas da cidadania” pelo país. Os dois tornaram-se amigos e só em dezembro de 2017 terá começado então o romance.

A ‘Isto É’ conta que foi durante um jogo de futebol onde estava também o cantor Chico Buarque. A relação foi mantida em segredo até ser revelada pelo amigo de Lula, após a visita na prisão.

Quando Janja se tornou famosa

A primeira visita de Janja ao prisioneiro mais famoso do Brasil aconteceu a 12 de junho de 2018, data em que se celebra o dia dos namorados no Brasil. Desde aí, a socióloga continuou a visitar o namorado sempre discretamente. Até ser descoberta, um ano depois com o anúncio de que Lula da Silva iria casar quando saísse da prisão.

 

 

Logo o Brasil quis saber quem era a nova namorada do líder petista e Rosângela da Silva deixou o anonimato para se tornar famosa.

Lula da Silva passou 580 dias preso, quase sempre sozinho, além das visitas semanais da família e as da namorada. Um ano duro agravado pela dor inconsolável da perda do neto, de 7 anos, devido a uma infeção generalizada, e onde lhe foi permitido ir ao funeral.

A dor pela morte do neto

“Às vezes penso em como teria sido mais fácil se eu tivesse morrido. Porque já vivi 73 anos, poderia morrer e deixar que meu neto vivesse”, disse numa entrevista ao jornal espanhol ‘El País’ Lula da Silva a chorar.

Meses antes, também sofrera outro duro golpe, a morte do seu irmão Genival Inácio da Silva, aos 79 anos.

Para o mês que vem, se os planos se mantiveram Rosângela e Lula irão casar-se. E depois partir pelo país numa luta de oposição a Bolsonaro. A percorrer o Brasil em liberdade.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

(FILES) In this file photo taken on February 22, 2018 Former Brazilian president Luiz Inacio Lula da Silva gestures during the commemoration of the 38th anniversary of the Workers Party (PT) in Sao Paulo, Brazil.
Brazil's Supreme Court on Thursday, April 5, 2018 rejected former president Luiz Inacio Lula da Silva's bid to delay a 12 year prison sentence for corruption, a ruling that could upend presidential elections in Latin America's biggest country. The 6-5 ruling means that Lula -- who was Brazil's most popular leader on record and is the frontrunner ahead of the October 7 polls -- could be arrested within days.
 / AFP PHOTO / Miguel SCHINCARIOL