Judite Sousa volta ao 'trabalho' uma semana após a saída da TVI
Radio Latina 2 min. 12.11.2019

Judite Sousa volta ao 'trabalho' uma semana após a saída da TVI

Judite Sousa volta ao 'trabalho' uma semana após a saída da TVI

Radio Latina 2 min. 12.11.2019

Judite Sousa volta ao 'trabalho' uma semana após a saída da TVI

Não há tempo para pausas. A jornalista anunciou nas redes sociais que vai participar na 'Cimeira Femina - Notáveis Mulheres 2019' já no dia 20 de novembro.

Após o anúncio da saída da TVI, na semana passada, podia supor-se que Judite Sousa fizesse uma pausa na carreira antes de arrancar com novidades. Afinal, esteve três meses de baixa médica antes de anunciar a rescisão. No entanto, parece que não vai parar. Pelo menos, não a tempo inteiro. 

A jornalista recorreu ao perfil do Instagram para anunciar a presença na 'Primeira Cimeira Femina – Notáveis Mulheres 2019', que se realiza no próximo dia 20 de novembro, no Parque dos Portas, em Oeiras.

Judite fará parte do painel "Mulher -  Poder e Sensibilidade", onde estarão outras figuras conhecidas como, por exemplo, Sofia Colares Alves, Chefe da Representação da Comissão Europeia. Pode consultar o programa aqui

“Vamos acompanhar a cimeira Mulheres Notáveis 2019. A organização é da Matrix Portuguesa. O meu painel é liderança e personalidade. Vamos a isto”, escreveu a jornalista nesta terça-feira, 12. 

A saída da TVI não foi "por causa de depressão" 

O anúncio da rescisão foi feito pela própria, num texto publicada nas redes sociais. A jornalista e diretora-adjunta deixou a TVI, onde trabalhou nos últimos oito anos. 

"Depois de uma longa e serena ponderação, decidi terminar a minha relação profissional com a TVI. Foram oito anos que me permitiram, em total liberdade, vivenciar a paixão pelo jornalismo com sentido de dever e responsabilidade ao serviço de uma empresa privada", explicou.

Ver esta publicação no Instagram

Depois de uma longa e serena ponderação, decidi terminar a minha relação profissional com a TVI. Foram oito anos que me permitiram, em total liberdade, vivenciar a paixão pelo jornalismo com sentido de dever e responsabilidade ao serviço de uma empresa privada. Este é o momento para expressar gratidão a todos os meus companheiros de trabalho das diferentes áreas da empresa. Os últimos anos foram particularmente difíceis, mas em palavras ou na reserva do silêncio, entendi sinais de conforto. Quero expressar o meu agradecimento ao José Alberto Carvalho que me desafiou para esta viagem, com amizade, em 2011. Quero igualmente agradecer ao Sérgio Figueiredo as oportunidades profissionais que me proporcionou nestes últimos quatro anos e que me ajudaram a ultrapassar momentos mais difíceis da minha existência. Finalmente, uma palavra aos espectadores da TVI cujo carinho e apoio nunca me faltaram #omeucomunicadooficial #acordotvi

Uma publicação partilhada por Judite Sousa (@juditesousaoficial) a

Judite agradeceu ainda aos colegas que a acompanharam na estação onde "os últimos anos foram particularmente difíceis". 

Muito se especulou sobre as razões deste afastamento, numa altura em que a Media Capital, o grupo que detém a TVI, vai ser adquirido pela Cofina, que detém o Correio da Manhã. 

A pivot negou qualquer ligação com o assunto, tal como também negou falar de quais motivos de saúde, apesar de estar de baixa médica desde setembro. 

Judite disse ao Jornal de Notícias (JN) que não deixou o canal "por causa de uma depressão", nem por causa do negócio recente entre os dois grupos de comunicação. "Não há nenhuma relação. A minha decisão é anterior. Saí da estação por minha livre iniciativa, mas em acordo com a TVI".


Ana Patrícia Cardoso 



Notícias relacionadas