Jay-Z entra no negócio da marijuana
Radio Latina 2 2 min. 10.07.2019

Jay-Z entra no negócio da marijuana

Jay-Z entra no negócio da marijuana

Foto: LW
Radio Latina 2 2 min. 10.07.2019

Jay-Z entra no negócio da marijuana

O rapper juntou-se à empresa norte-americana Caliva.

O anúncio foi feito na terça-feira, 9 de julho, pela própria empresa. Jay-Z é o novo chefe de estratégia da marca. 

A notícia surge um mês depois da Forbes ter revelado que Jay-Z, 49 anos, fazia história no mundo do hip-hop, ao tornar-se o primeiro rapper a alcançar uma fortuna de mil milhões de dólares (890 milhões de euros), graças aos seus investimentos em vestuário, champanhe, no serviço de distribuição digital de música Tidal, na Uber, ou na Roc Nation, uma editora de música.

Caliva é uma empresa privada fundada em San Jose, em 2015. Para além de ajudar a expandir a marca, o rapper também se comprometeu "a aumentar os esforços para oferecer trabalho a ex-condenados e melhorar a qualidade e justiça no desenvolvimento da indústria da marijuana legal", disse a empresa em comunicado.  Jay-Z afirmou também que "queremos criar algo fantástico, divertir-nos durante o processo, fazer o bem e juntar pessoas pelo caminho".   

O artista, que é casado com a cantora Beyoncé, tem vindo a envolver-se cada vez mais em causas sociais. No início do ano, ajudou a lançar o "Reform Alliance", um grupo de justiça cujo grande objetivo é tirar um milhão de americanos das prisões, em liberdade condicional ou caução, já nos próximos cinco anos. 

Para além dos seus investimentos, o bilionário também produziu o documentário "Time: The Kalief Browder Story", que pode ser visto na Netflix. Kalief Browder era apenas um jovem de 16 anos quando foi acusado, em 2010, de roubar uma mochila. Foi enviado para Rikers Island, uma das prisões mais violentas dos Estados Unidos, onde esperou julgamento, durante três anos. Esteve na solitária durante dois. Terá sofrido violência física, mental e sexual. Quando foi libertado por falta de provas, não aguentou o trauma e suicidou-se dois anos depois. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Canábis como um negócio 

Jay-Z não é a primeira celebridade a investir no negócio da marijuana para consumo recreativo desde que a prática tornou-se legal em 11 estados americanos, incluindo, a Califórnia. 

O rapper Snopp Dogg é dono da marca "Leafs by Snoop" e a atriz  Whoopi Goldberg lançou uma linha de produtos medicinais, à base de canábis, para o alívio das dores menstruais. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas