Inês Castel-Branco revela ter sofrido dois abortos
Radio Latina 2 min. 27.11.2019

Inês Castel-Branco revela ter sofrido dois abortos

Inês Castel-Branco revela ter sofrido dois abortos

Elite
Radio Latina 2 min. 27.11.2019

Inês Castel-Branco revela ter sofrido dois abortos

A atriz revelou, em entrevista a Júlia Pinheiro, as situações difíceis por que passou antes de conseguir ter o seu filho.

Inês Castel-Branco fez pela primeira vez, publicamente, algumas revelações sobre a sua vida pessoal e contou que sofreu dois abortos espontâneos. 

Esta terça-feira, 26 de novembro, no programa de Júlia Pinheiro, na SIC, a atriz, de 37 anos, confessou que sempre quis ser mãe, mas não conseguiu cumprir logo esse desejo. 

"Acho que isso [ser mãe] sempre foi a única coisa que me lembro de querer muito desde pequenina", começou por dizer. No entanto, antes de ter o seu filho, Simão, atualmente com 9 anos, Inês Castel-Branco teve duas gravidezes que não chegaram até ao fim, um processo que, como recordou, na entrevista a Júlia Pinheiro, foi difícil de ultrapassar. 

Instagram Inês-Castel Branco

"Desde o momento em que decidi que ir tentar ser mãe até ao Simão nascer passaram muitos anos e tive duas gravidezes que não correram muito bem. Depois descobri que tinha um problema congénito e fui operada. Só depois veio o Simão, finalmente", contou. 

 "Uma dor no silêncio" 

 A atriz revelou ainda que nunca tinha falado "publicamente sobre isto", porque não quis expor o seu ex-companheiro e pai do seu filho, o artista plástico Filipe Pinto Soares. "Ele também passou por isto. Não passei por isto sozinha". 

 Ainda assim, admite que viveu "uma dor no silêncio" e um forte sentimento de culpabilização. "Há uma culpa gigante porque achas que foste tu, que foi o desporto que fizeste, o cigarro que fumaste, o copo de vinho que bebeste. É duro passar por isto", afirmou emocionada. 

Mesmo quando finalmente conseguiu engravidar, a atriz lembra que, no início lhe foi difícil superar os receios provocados pelas duas situações difíceis porque passou. 

 "Durante os primeiros três meses achei sempre que ia perder o bebé", referiu, acrescentando que houve expectativas criadas que não se concretizaram. "Nos outros [meses] a seguir, o único sintoma que tive foi uma fome desgraçada. Não estava muito feliz. Achei que ia ser mais feliz a minha gravidez. Engordei 33 quilos". 

Apesar disso, quando Simão nasceu Inês Castel-Branco viveu a maternidade na sua plenitude. "Quando ele nasce tudo muda. Já nada é triste."

Mãe orgulhosa

A atriz, filha da apresentadora Luísa Castel-Branco, diz que o filho "nunca fez uma birra, nunca fez uma asneira muito grande" nem "uma coisa perigosa". 

Ver esta publicação no Instagram

❤️

Uma publicação partilhada por Inês Castel-Branco (@inescastelbranco) a

"É um filho super carinhoso que viveu desde muito cedo em duas casas e consegue lidar com isso muito bem", contou, aludindo à separação de Filipe Pinto Soares, em 2013. 

Sobre Simão, não poupou os elogios e revelou ainda outros traços de personalidade que a enchem de orgulho. "[Ele] tem uma característica maravilhosa que é adorar adultos. Tem coisas para dizer", rematou.