Há uma imagem a emocionar a rede

Há uma imagem a emocionar a rede

Foto: AFP
Radio Latina 03.12.2018

Há uma imagem a emocionar a rede

O cão de George H. W. Bush acompanhou o corpo do ex-presidente norte-americano até Washington.

O antigo preseidente dos Estados Unidos, George H. W. Bush, morreu na passada sexta-feira, após um longo período de doença. Personagem controverso da cena política mundial, na recta final da sua vida adoptou um cão da raça labrador - Sully - que acompanhou o ex-presidente ao longo dos últimos seis meses e na sequência da morte da antiga primeira-dama Barbara Bush.

Ontem, na derradeira viagem de Bush, Sully manteve-se próximo da urna e acompanhou-a no avião até Washington.

"Missão completa", pode ler-se numa publicação feita na rede social Twitter pelo representante público do ex-presidente (Jim McGrath), onde figura a tocante fotografia. Sully aparece aninhado junto ao caixão coberto com a bandeira norte-americana, já na capital dos Estados Unidos. 

Sully é dotado de treinamento que lhe permite, por exemplo, atender telefones. De acordo com a CNN, com a morte do antigo dono, o labrador vai para o Programa de Cães de Apoio do Centro de Saúde Nacional Militar Walter Reed, onde deve acompanhar outros animais em tratamentos de fisioterapia e terapia ocupacional para soldados.