Fotogaleria: A tristeza de Charlene no dia da Festa do Mónaco
Radio Latina 19 19.11.2019 Do nosso arquivo online

Fotogaleria: A tristeza de Charlene no dia da Festa do Mónaco

Fotogaleria: A tristeza de Charlene no dia da Festa do Mónaco

AFP
Radio Latina 19 19.11.2019 Do nosso arquivo online

Fotogaleria: A tristeza de Charlene no dia da Festa do Mónaco

Apenas os filhos, Jacques e Gabriella fizeram a princesa sorrir no evento que juntou toda a família Grimaldi. Veja as fotos.

Este é o único dia do ano em que a família Grimaldi se reúne publicamente, à exceção de festividades pontuais como casamentos ou batizados.

Mas para as celebrações do Dia Nacional do Mónaco, a 19 de novembro, o príncipe Alberto e as suas irmãs, e seus descendentes fazem questão de manter a tradição de comparecerem juntos à missa e assistirem ao desfile da parada militar das janelas do palácio real do principado.

AFP

Hoje não foi exceção. A família reuniu-se. Faltou apenas a Charlotte Casiraghi e o seu mais recente marido, Dimitri Rassam e filhos, que este ano não compareceram. 

É também nestes dias que o glamour da família real monegasca se evidencia, um bom gosto que a princesa Charlene já soube apreender. Isto apesar de se manter distante da família do marido, como mais uma vez mostrou na festa desta manhã.

Distante e de semblante triste durante todo o evento. Apenas sorria quando falava com os seus filhos gémeos, Jacques e Gabriella na varanda do palácio onde estavam com Alberto. 

AFP

A seriedade de Charlene contrastava totalmente com a boa disposição da princesa quando assistiu num bar com o irmão, à final de râguebi entre África do Sul e Inglaterra, longe do palácio, do marido Alberto e dos Grimaldi.

Aos príncipes e seus filhos juntaram-se neste dia, a princesa Carolina, os seus filhos Andrea e Pierre com as respetivas mulheres Tatiana Santo Domingo e Beatrice Borromeo e filhos bem como a filha mais nova, Alexandra de Hanover. A princesa Stephanie foi acompanhada pelo seu filho Louis Ducruet recém-casado com Marie Chevallier.

AFP

A festa foi também de homenagem à princesa Grace Kelly e houve um momento em que Alberto do Mónaco se emocionou quando ouviu uma banda tocar uma música dedicada à mãe.  As lágrimas quase vieram aos olhos e aí Charlene colocou-lhe a mão no braço, apoiando-o.



Notícias relacionadas