Filhos de Eduardo Beauté estão a viver com o ex-marido: "É para sempre"
Radio Latina 2 min. 09.10.2019

Filhos de Eduardo Beauté estão a viver com o ex-marido: "É para sempre"

Foto antiga de Luís Borges com Lurdes, Bernardo e Eduardo.

Filhos de Eduardo Beauté estão a viver com o ex-marido: "É para sempre"

Foto antiga de Luís Borges com Lurdes, Bernardo e Eduardo.
Foto: Luís Borges
Radio Latina 2 min. 09.10.2019

Filhos de Eduardo Beauté estão a viver com o ex-marido: "É para sempre"

As três crianças estão em casa do modelo Luís Borges, que esteve casado com o cabeleireiro, desde a morte repentina deste, há um mês.

Eduardo Beauté morreu a 7 de setembro, e desde então muito se especulou sobre quem ficaria com os três filhos adotivos do cabeleireiro, Bernardo, nove anos, Lurdes, sete anos e Eduardo, quatro anos, uma vez que estava divorciado do modelo Luís Borges. 

Eduardo Beauté com os filhos, Eduardo (à esq.) Bernardo e Lurdes.
Eduardo Beauté com os filhos, Eduardo (à esq.) Bernardo e Lurdes.

Das três crianças, só uma foi adotada pelos dois. As outras duas, as mais novas, foram adotadas apenas pelo cabeleireiro. 

Mas desde o primeiro momento, após a morte de Beauté que Luís Borges garantiu que iria ficar com as três crianças."É para sempre", declarou o modelo, partilhando no Instagram uma fotografia das três crianças juntas a brincar na sua casa, dias depois da morte do cabeleireiro.

Ver esta publicação no Instagram

É para SEMPRE 🤴🏼👸🏿🤴🏿💙 #nomatterwhat

Uma publicação partilhada por Luis Borges (@luisborgesoficial) a

E a promessa cumpre-se. Imagens mais recentes, publicadas na mesma rede social, mostram que o modelo continua a cuidar e a assumir as responabilidades parentais dos pequenos, independentemente das formalidades legais e depois de a família de Eduardo Beauté se ter recusado a ficar com as crianças por falta de condições. 

O ator António Pedro Cerdeira, padrinho do filho mais novo de Eduardo Bauté, também manifestou a disponibilidade de ficar com a criança.

Uma família e as mudanças da lei

Fotografia recente publicada por Luís Borges na sua conta de instagram.
Fotografia recente publicada por Luís Borges na sua conta de instagram.

A lei da coadoção por casais do mesmo sexo entrou em vigor a 1 de março de 2016. Nessa altura, Luís Borges já era casado com Eduardo Beauté e a família já estava formada - a terceira criança, Eduardo, foi adotada por Eduardo Beauté, em 2015.

Em 2014, quando foi aprovado o referendo à coadoção, no parlamento, mas chumbado pelo Tribunal Constitucional, Luís Borges afirmou, em entrevista à revista Vidas, do Correio da Manhã, que a eventual aprovação do mesmo (viria a ser aprovado um ano mais tarde, no parlamento e sem referendo) não mudaria em nada a situação, nem para ele nem para o marido, Eduardo Beauté.

Ver esta publicação no Instagram

OKKKKKKKKKKKKK😲🤤🙈 #mygirl

Uma publicação partilhada por Luis Borges (@luisborgesoficial) a

"No nosso caso não vai mudar nada. No caso do Bernardo, entrámos os dois no processo e, no caso da Lurdes, é basicamente a mesma coisa. Se acontecer alguma coisa ao Eduardo, a Lurdes e o Bernardo ficam comigo. Conseguimos contornar as coisas através do apadrinhamento civil [atribui aos padrinhos responsabilidades parentais]".

Ainda assim, o modelo reconhecia, na altura, que era importante a alteração da lei para permitir a adoção por parte de casais do mesmo sexo. "Adotar é muito difícil. É preciso repensar as coisas. É muito triste as pessoas quererem uma família feliz e não conseguirem ou terem imensas dificuldades".

Em termos de poder paternal, o modelo tem-no sobre Bernardo, o filho mais velho, uma vez que foi adotado pelos dois elementos do casal. Segundo, referiu a advogada Suzana Garcia, no programa 'Você na TV', da TVI, em setembro, o modelo também pode adotar Lurdes e Eduardo, pois além de ser um direito que o modelo tem, beneficia do facto de já ser o pai adotivo do irmão, Bernardo.   


Notícias relacionadas