E quando as batatas têm grelos? Novas recomendações da Segurança Alimentar
Radio Latina 02.09.2022
Segurança Alimentar

E quando as batatas têm grelos? Novas recomendações da Segurança Alimentar

Segurança Alimentar

E quando as batatas têm grelos? Novas recomendações da Segurança Alimentar

Foto: Shutterstock
Radio Latina 02.09.2022
Segurança Alimentar

E quando as batatas têm grelos? Novas recomendações da Segurança Alimentar

Em causa está a concentração de glicoalcalóides, uma substância potencialmente tóxica. O seu consumo em excesso constitui um risco para a saúde, sobretudo para as crianças.

O serviço luxemburguês de Segurança Alimentar emitiu uma série de novas recomendações sobre o consumo de batatas em germinação, isto é, batatas que já têm grelos.

Em causa está a concentração dos níveis de glicoalcalóides, uma substância potencialmente tóxica que pode ser nociva para a saúde. Está presente em beringelas, tomates, pimentos e sobretudo nas batatas em germinação ou verdes, como referiu à Rádio Latina Patrick Hau, comissário do Governo para a qualidade, fraude e segurança alimentar.

Quando consumidas em grandes quantidades, estas substâncias constituem um risco para a saúde, em particular para as crianças.

Segundo o responsável, muitos consumidores não estão informados sobre o assunto, daí a Divisão da Segurança Alimentar ter publicado uma nova lista de recomendações sobre os glicoalcalóides.

Para reduzir ao mínimo a exposição aos glicoalcalóides nas batatas, é recomendado conservá-las num local fresco e escuro; não consumir batatas velhas, secas, verdes ou greladas; retirar as partes verdes e os chamados “olhos” da batatas.

Quanto à ingestão da casca, se for essa a opção, as autoridades aconselham o consumidor a optar por batatas novas. No caso das crianças, no entanto, a recomendação é que estas comam as batatas descascadas.

A Segurança Alimentar desaconselha também a utilização da água onde as batatas foram cozidas e alerta para que não se comam batatas que tenham um sabor amargo.

A lista das novas recomendações pode ser consulta aqui.

Diana Alves

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas