Dúvidas sobre vacinação das crianças? Ministério da Saúde responde no Facebook
Radio Latina 5 min. 02.12.2021
Atualidade em síntese 02 DEZ 2021

Dúvidas sobre vacinação das crianças? Ministério da Saúde responde no Facebook

Atualidade em síntese 02 DEZ 2021

Dúvidas sobre vacinação das crianças? Ministério da Saúde responde no Facebook

Radio Latina 5 min. 02.12.2021
Atualidade em síntese 02 DEZ 2021

Dúvidas sobre vacinação das crianças? Ministério da Saúde responde no Facebook

O Luxemburgo deverá receber 18 mil doses da vacina para as crianças numa primeira entrega.

A vacinação das crianças levanta muitas questões e preocupações por parte dos pais. Daí o Ministério da Saúde lançar uma sessão em direto de perguntas e respostas no Facebook.

A sessão está agendada para esta quinta-feira, dia 2 de dezembro, a partir das 17:00. Durante 60 minutos, o médico Thomas Dentzer, da Direção da Saúde, e o pediatra e presidente da Sociedade Luxemburguesa de Pediatria, Serge Allard, vão conduzir essa sessão, respondendo às perguntas das pessoas. As perguntas podem ser enviadas antes e durante a sessão.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou a 25 de novembro a administração da vacina contra a covid-19 da BioNTech/Pfizer a crianças entre os 5 e os 12 anos. Esta é a primeira vacina recomendada na União Europeia para esta faixa etária.

As primeiras doses do fármaco para a Europa estão previstas chegar no dia 20 de dezembro, sendo que o Luxemburgo deverá receber 18 mil doses numa primeira entrega. Segundo o Diretor da Saúde, Jean-Claude Schmit, as primeiras crianças poderão começar a ser vacinadas durante as férias de Natal, que começam a 20 de dezembro e terminam a 2 de janeiro.

Ministra da Justiça diagnosticada com covid-19

A ministra da Justiça, Sam Tanson foi diagnosticada esta quinta-feira com covid-19. Em comunicado, o ministério indica que a ministra já estava em auto-isolamento e em teletrabalho após uma infeção no circulo familiar.

Para já, a ministra encontra-se bem, apresentando sintomas ligeiros. Ficará em isolamento conforme as disposições previstas pela Direção da Saúde, mas vai continuar as suas funções através do teletrabalho.

Note-se que Sam Tanson recebeu a segunda dose da vacina a 1 de julho.

LNS. Luxemburgo sem casos da nova variante Ómicron

O Luxemburgo não regista nenhum caso da nova variante Ómicron. Pelo menos até agora. Uma confirmação do Laboratório Nacional de Saúde publicado num relatório.

O Laboratório garante que estão a ser feitos esforços para detetar e identificar o mais rapidamente possível casos desta variante. Atualmente a prioridade do LNS é de analisar as amostras dos pacientes hospitalizados no país.

Alguns países já detetaram casos relacionados com a nova variante incluindo Portugal, Bélgica ou ainda Holanda.

Vários países estão a adotar medidas, sobretudo relacionadas com as viagens provenientes da África Austral, incluindo o Luxemburgo.

Luxemburgo registou o número de novos casos mais alto de sempre desde 2020

O Luxemburgo registou na quarta-feira mais 585 novos casos de covid-19, em 5.700 testes realizados, um número que não era atingido desde novembro de 2020.

Há ainda uma morte a registar, elevando o número total de mortes pelo novo coronavírus no Grão-Ducado para 876. 

Os hospitais têm 64 ‘pacientes covid’ internados, dos quais 13 estão nos cuidados intensivos.

Medidas sanitárias mais restritivas no Centro Penitenciário do Luxemburgo

Na semana passada 45 pessoas foram testadas positivas à covid-19 na prisão de Schrassig, das quais nove eram guardas prisionais. 35 reclusos estão em quarentena.

Uma situação que levou a Administração Penitenciária a adotar novas medidas sanitárias. A partir de agora, as visitas estão limitadas a dois visitantes por detido. Os encontros com os advogados acontecem numa sala protegida e os reclusos podem apanhar ar todos os dias durante uma hora. Foram ainda canceladas todas as formações e trabalhos nos ateliers.

Estas informações foram avançadas pelas ministras da Justiça, Sam Tanson e da Saúde, Paulette Lenert em resposta parlamentar ao partido cristão-social (CSV).

Atualmente o sistema do CovidCheck ainda não é utilizado na prisão. No entanto, a administração está a pensar introduzi-lo em Schrassig e Giwenich, especialmente nos detidos que têm autorização de saída para trabalhar ou para se apresentar no tribunal.

UE tem vacinas suficientes para doses de reforço até primavera

A União Europeia tem vacinas suficientes para doses de reforço até a primavera. Um anúncio feito esta quarta-feira por parte da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

O anúncio foi feito quando a UE ultrapassou já os 250 milhões de casos de covid-19 e as cinco milhões de mortes e também numa altura em que 77% da população adulta e 66% dos cidadãos em geral estão totalmente vacinados.

Nesta altura, assiste-se a um acentuado ressurgimento dos casos de infeção pelo coronavírus, estando a UE ainda preocupada relativamente à altamente mutante variante Ómicron, detetada inicialmente na África do Sul.

A Comissão Europeia pediu aos Estados-membros da UE para avançarem com "restrições específicas" e às viagens de zonas arriscadas para conter a Ómicron, solicitando ainda campanhas para os não vacinados e doses de reforço.

Acidente de trabalho mortal em Esch-sur-Alzette

Mais um acidente mortal num estaleiro de construção. Desta vez em Esch-sur-Alzette, na rua Zenon-Bernard.

Segundo a polícia, um trabalhador faleceu esta quarta-feira à tarde. O homem estava a trabalhar num estaleiro, quando houve um deslizamento de terra. Uma estrutura em aço prevista para proteger a zona cedeu à pressão da terra, e a vitima ficou gravemente ferida.

Uma equipa de emergência tentou socorrer o trabalhador, mas este acabaria por morrer ainda no local, vítima de ferimentos graves.

O Ministério Público ordenou uma investigação e a Inspeção do Trabalho e das Minas (ITM) esteve no local.

Merkel é homenageada hoje pelas forças armadas da Alemanha

Angela Merkel é homenageada hoje pelas forças armadas da Alemanha com a tradicional cerimónia de despedida, depois de 16 anos como chanceler e a poucos dias da prevista tomada de posse do novo governo.

Devido às restrições impostas por causa da pandemia de covid-19, a celebração terá um número limitado de participantes, não superando as duas dezenas.

A poucos dias da sua saída de cena, Merkel já fez vários balanços da última década e meia, mas falou pouco do futuro.

 A reforma de Angela Merkel deverá ser de 15.000 euros por mês. Além disso, terá direito a segurança privada e a um carro com motorista para o resto da vida.

Redação Latina | Lusa | Foto Shutterstock


Notícias relacionadas

Paulette Lenert.
Au Grand-Duché, 95.993 résidents sont considérés comme guéris du covid-19.