Donald Trump e Chrissy Teigen. Troca de insultos incendeia o Twitter
Radio Latina 09.09.2019

Donald Trump e Chrissy Teigen. Troca de insultos incendeia o Twitter

Donald Trump e Chrissy Teigen. Troca de insultos incendeia o Twitter

Foto: DR
Radio Latina 09.09.2019

Donald Trump e Chrissy Teigen. Troca de insultos incendeia o Twitter

O presidente e a modelo já o fizeram outras vezes.

Chrissy Teigen e o atual presidente dos Estados Unidos nunca foram amigos e deixaram isso bem claro em publicações anteriores. Mas, desta vez, os insultos tomaram grandes proporções.

A discussão começou esta segunda-feira quando Donald Trump comentou no Twitter sobre o depoimento que o cantor John Legend deu ao canal de televisão MSNBC domingo à noite. Legend comentou sobre o problema das prisões em massa que ocorrem nos EUA e o programa Free America que o próprio ajudou a fundar. 

Trump não gostou do que ouviu e fez questão de demonstrá-lo nas redes sociais. Para ele, não estava a ser dado o devido crédito ao fato de, em dezembro, ter assinado a Lei do Primeiro Passo. A legislação inclui medidas que permitem que milhares de detentos federais saiam da prisão mais cedo do que teriam, alivia algumas sentenças mínimas obrigatórias e dá aos juízes mais margem de manobra na sentença, entre outras coisas. Teve apoio de legisladores de ambos os lados do corredor político. 


E, para além de atacar o cantor, Trump não se esqueceu de insultar a mulher também."Homens como o músico chato @johnlegend, e sua esposa nojenta, estão a falar sobre como isso é ótimo - mas eu não os vi por aí quando precisávamos de ajuda para fazê-la passar", escreveu o presidente. 

O casal não ficou calado. Tanto Legend como Teigen deram resposta e a modelo chego a chamar "pussy ass bitch" (vaca cobarde) a Trump. 


Anthony Scaramucci, ex-diretor de comunicação de Trum,p que agora rejeitou o presidente, chamou a discussão entre Trump e o casal de celebridades de "desprezível" e perguntou se "algum dos outros presidentes da história recente - história moderna - foi atrás dos seus cidadãos, sejam eles celebridades ou não?"