“Covid de longa duração”. 32 dias de espera para uma primeira consulta
Radio Latina 11 min. 06.05.2022
Atualidade em síntese 06 ABR 2022

“Covid de longa duração”. 32 dias de espera para uma primeira consulta

Atualidade em síntese 06 ABR 2022

“Covid de longa duração”. 32 dias de espera para uma primeira consulta

Chris Karaba
Radio Latina 11 min. 06.05.2022
Atualidade em síntese 06 ABR 2022

“Covid de longa duração”. 32 dias de espera para uma primeira consulta

Cerca de um quinto dos 630 pacientes que foram encaminhados para este programa continuam à espera da primeira consulta.

Um paciente que sofre de “covid de longa duração” tem de esperar em média 32 dias para poder ter uma primeira consulta no Centro Hospitalar do Luxemburgo. Cerca de um quinto dos 630 pacientes que foram encaminhados para este programa continuam à espera da primeira consulta.

Uma informação avançada pelo diretor do Rehazenter, Gaston Schütz, à rádio estatal 100,7.

O médico acrescenta que, mesmo após a primeira consulta, é preciso esperar até mês e meio para ir à segunda marcação. Nesta segunda consulta é estipulada a terapia e o tratamento para o paciente.

No entanto, Gaston Schütz sublinhou que o objetivo é diminuir o tempo de espera a curto prazo com a contratação de mais pessoal que se irá dedicar aos pacientes com covid de longa duração.

Segundo Gaston Schütz, os sintomas são sobretudo dificuldade em manter a mobilidade e em respirar, perda prolongada de olfato e gosto, fadiga crónica, dores musculares e articulares, entre outros.

A fadiga crónica tem tido um grande impacto na vida do dia-a-dia dos pacientes, refere o médico. Muitas vezes, o diagnóstico tarda já que as pessoas não aparentam nenhuma doença. Schütz afirmou que estes são sintomas não específicos da covid-19, mas que foram certamente exacerbados pelo vírus.

Queixas por descriminação racial aumentam no Luxemburgo

Pela primeira vez as queixas por discriminação com base na raça ou na etnia aumentaram e ocupam o primeiro lugar das discriminações recenseadas no país, ultrapassando as queixas relacionadas com uma deficiência.

Segundo o relatório do Centro para a Igualdade de Tratamento, em 2021 foram apresentadas 245 queixas por discriminação, sendo que 24% (60 casos) dos casos eram relacionados com discriminação racial.

Seguem-se as queixas relacionadas com uma deficiência, ou seja, 20%. Trata-se de residentes, portadores de uma deficiência que se sentiram discriminados e decidiram denunciar o caso à instituição.

O contexto das discriminações prende-se sobretudo ao emprego, mas também ao acesso ao alojamento.

Em 51% dos casos, o Centro para a Igualdade de Tratamento conseguiu resolver o problema, aconselhar a pessoa ou orientá-la para um outro serviço.

O relatório vai ser analisado em sede de comissão parlamentar e depois debatido na Câmara dos Deputados.

Viajar sem máscara nos aviões? Luxemburgo adia decisão

As máscaras estão a desaparecer aos poucos da vida quotidiana. Depois de deixarem de ser obrigatórias em locais públicos, a exigência de usá-las em viagens de avião está a cair em vários países.

O exemplo mais recente é a companhia aérea belga Brussels Airlines. Desde terça-feira que passageiros e tripulação não têm de usar máscara durante voo - é facultativo. A companhia aérea aponta como principal razão os bons sistemas de ventilação a bordo e o consequente risco muito baixo de infeção.

No Grão-Ducado, as máscaras ainda são obrigatórias a bordo de aviões. A Direção da Aviação Civil no Luxemburgo explica que a exigência de máscara para voos dentro da Europa baseia-se nas recomendações do "Aviation Health Safety Protocol”. A exigência de máscara a bordo deve, portanto, ser levantada tanto do lado desta instituição como do Ministério da Saúde de Luxemburgo.

De acordo com a Luxair, o ar a bordo dos aviões é mais limpo do que no exterior, uma vez que é constantemente misturado com um grande volume de ar fresco exterior e filtrado com 99,99% de eficiência na cabine, sendo renovado a cada três minutos. Isso permite remover a maioria dos poluentes, como poeira, alérgenos, organismos bacterianos e virais, o que reduz significativamente o risco de infeção a bordo.

Infeções por covid-19 diminuem 16% numa semana no Luxemburgo

A pandemia continua a abrandar no Luxemburgo. De acordo com o relatório semanal do Ministério da Saúde, na semana de 25 de abril a 1 de maio, o número de pessoas que testaram positivo para a covid-19 diminuiu de 16%.

Durante o período analisado, morreram seis pessoas por causa do vírus e a idade média dos falecidos continua a ser de 84 anos.

Na semana em questão, foram administradas 2.067 doses da vacina contra a covid-19. A taxa de vacinação é de 78,7% em relação à população vacinável.

O Ministério da Saúde deu a indicação de que vai deixar de publicar o relatório diário sobre a situação pandémica no Luxemburgo a partir de 16 de maio, uma vez que a "situação está estável a nível hospitalar".

Novo Centro Hospitalar do Luxemburgo: um edifício à prova de pandemia

O Conselho de Ministros deu recentemente luz verde ao financiamento por parte do Estado dos trabalhos de construção do novo Centro Hospitalar do Luxemburgo (CHL) , em Strassen. A obra tem um custo estimado de mais de 820 milhões de euros. A abertura está prevista para 2028.

O edifício integra o "conceito de pandemia", que permite que se adapte em situações de crise sanitária, como a recente pandemia da covid-19.

Com mais de 54 mil metros quadrados, o novo edifício ficará situado no local da antiga maternidade, ao longo da route de Arlon.

De acordo com os planos de construção, o novo edifício terá ligação direta por um passadiço ao atual CHL da capital. Segundo o Governo será um "hospital com um toque humano", centrado no paciente e no seu bem-estar com a integração das tecnologias digitais "para melhor servir os pacientes e o pessoal".

Festival das Migrações termina este fim de semana, em Hollerich

O Festival das Migrações, Cultura e Cidadania termina este fim de semana, com os habituais stands associativos, concertos, encontros literários, entre outros eventos.

Ao contrário das edições anteriores, este ano o festival decorreu em vários locais do país, durante dois meses (desde 9 de março).

Este fim de semana é organizado uma versão mais pequena do tradicional festival, no Centro de Promoção de Artes (CEPA), em Hollerich, na capital.

No sábado, está aberto ao público entre 10h30 e as 23h e vai contar um encontro literário, às 13h, com escritores lusófonos. Às 19h vai ter lugar um cine-debate sobre o filme "O poeta da Ilha", na presença do realizador Júlio Silva, num filme que conta a história de um poeta cabo-verdiano preso na semana anterior ao 25 de Abril. À mesma hora há concertos com ritmos da Jamaica, Europa e Cabo Verde.

No domingo, o espaço estará aberto das 10h30 às 20h. Às 11h contará com um encontro literário com vários autores portugueses e da parta da tarde haverá atuações com música angolana, guineense, ucraniana e de outros países. Haverá ainda a participação do Grupo Etnográfico Alto Minho e o concerto de encerramento com o grupo cabo-verdiano Roda de Coladeira, às 17h.

Esch-sur-Alzette. Grão-Duque preside cerimónia do Dia da Europa

O Grão-Duque Henri vai presidir a cerimónia oficial do “Dia da Europa”, feriado instituído pela União Europeia. As celebrações vão ter lugar este ano em Esch-sur-Alzette.

A cerimónia oficial começa às 14h de segunda-feira, na praça da Resistência, na presença do Grão-Duque, do presidente da Câmara dos Deputados, Fernand Etgen, do primeiro-ministro, Xavier Bettel, e outras individualidades.

A programação vai contar com 60 stands de informação no local. Haverá ainda mais 30 stands na "zona da juventude", no pátio da escola do Brill, no âmbito do Ano Europeu da Juventude, a partir das 13h.

O programa cultural inclui músicos e artistas ucranianos.

Formação profissional. CNFPC tem novos cursos a pensar na indústria do futuro e transição ecológica

O Ministério da Educação divulgou novos cursos para o Centro Nacional de Formação Profissional Contínua (CNFPC).

Numa nota de imprensa, o ministro da Educação, Claude Meisch explica que o mundo do trabalho está a passar por uma dupla transição: a digital e a ecológica. Nesse sentido, foram criados novos cursos para responder aos novos desafios.

Entre eles, o curso "Competências básicas" (essential skills) tem como objetivo preparar os candidatos para a era digital na indústria e o curso "Indústria 4.0" dá formação nas áreas de automação, eficiência energética e produção otimizada.

Há também a formação em tecnologias de consumo energético inteligente em edifícios, as chamadas "casas inteligentes", e o curso "Silvicultura, ambiente e economia circular".

Além destes quatro cursos orientados para a indústria e transição ecológica, o centro de formação profissional propõe formação em soldadura, condução de empilhadoras e pontes rolantes.

Amnistia Internacional diz que tropas russas cometeram crimes de guerra na Ucrânia

A Amnistia Internacional divulgou hoje um relatório, com os resultados de uma investigação no terreno, em que defende que as forças russas têm de enfrentar a justiça por crimes de guerra cometidos nas regiões noroeste da Ucrânia.

Os testemunhos de dezenas de pessoas e a recolha de provas referem-se a bombardeamentos totalmente ilegais contra civis em Borodyanka e execuções sumárias nas cidades de Bucha, Andriivka, Zdyzhivka e Vorzel.

A delegação da Amnistia Internacional (AI) esteve na região nos últimos dias, onde registou os testemunhos dos sobreviventes e familiares das vítimas. Também manteve contactos com elementos da Administração ucraniana.

Hungria diz que sanções são uma bomba atómica para a economia do país

O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, disse esta sexta-feira que não pode apoiar a última proposta de sanções da Comissão Europeia porque renunciar ao petróleo russo num prazo tão curto pode "ser uma bomba atómica" para a economia do país.

"A proposta que está sobre a mesa gera um problema e não propõe uma solução para esse mesmo problema. Isto é inaceitável do ponto de vista húngaro", disse Orbán na rádio pública de Budapeste.

"A proposta equivale a uma bomba contra a economia húngara", acrescentou Viktor Orbán.

Vitória de Guimarães tenta manter-se na luta pelo quinto posto no Bessa

O Vitória de Guimarães procura hoje manter alguma esperança de poder ainda alcançar o quinto lugar da I Liga portuguesa de futebol, na deslocação ao campo do Boavista, que já garantiu a manutenção.

Um triunfo no Estádio do Bessa deixa provisoriamente o Vitória de Guimarães a um ponto do Gil Vicente, que recebe no domingo o ‘aflito’ Tondela (antepenúltimo classificado), e um empate também poderá manter a equipa de Pepa na luta pelo quinto posto, mas para isso os gilistas têm que ser derrotados em Barcelos.

O encontro está agendado para as 21:15.

No sábado (19h00) , o FC Porto pode confirmar a conquista do trigésimo título nacional da sua história caso vença ou até empate com o Benfica, no Estádio da Luz.

Mesmo com uma derrota, a equipa de Sérgio Conceição pode assegurar o primeiro lugar, mas para isso o Sporting, que joga no mesmo dia, mas mais tarde, não pode vencer no Algarve o Portimonense (21h30).

LE: Expulsão deu ao Eintracht final contra Rangers, que virou 'meia' contra Leipzig

O Eintracht Frankfurt bateu ontem o West Ham (1-0), em inferioridade numérica desde muito cedo, e apurou-se para a final da Liga Europa de futebol, na qual estará presente o Rangers, que afastou o Leipzig (3-1).

Eintracht Frankfurt e Rangers defrontam-se no dia 18 de maio, no Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, em Sevilha.

República Checa. Luxemburguês Mathieu Kockelmann lidera Corrida da Paz

O ciclista luxemburguês Mathieu Kockelmann venceu esta sexta-feira de manhã o contrarrelógio da Corrida da Paz, na República Checa, que faz parte da Taça das Nações de Juniores.

Esta tarde há mais uma tirada plana de 57 quilómetros.

Também ontem, o luxemburguês de 18 anos venceu a primeira etapa desta prova, ganha ao sprint, à frente do dinamarquês Frederik Lykke e do português António Morgado.

Em representação do Luxemburgo correm ainda nesta prova Niels Michotte, Mats Berns, Lenny Kleman, Vlad Andru-George e Oliver Korva.

Mathieu Kockelmann pertence à equipa alemã Team Auto Eder e na semana passada terminou em 4° lugar na geral do Grande Prémio da Boémia Ocidental, também na República Checa.

Futebol. F91 Dudelange vai a Rodange tentar segurar liderança isolada

A 28ª e antepenúltima jornada da Liga BGL de futebol joga-se este fim de semana. O líder, F91 Dudelange, entra em campo no domingo, com uma visita ao Rodange, a partir das 16h. A equipa de Carlos Fangueiro tem apenas três pontos de vantagem para o segundo classificado, o Fola de Esch, que recebe este sábado o Racing Luxemburgo.

A ronda começa esta sexta-feira, com o Rosport - Titus Pétange, às 20h. No sábado, às 16h, jogam-se ainda o Etzella - Niederkorn e o Hamm Benfica - Wiltz. No domingo, o Differdange recebe o Mondorf, o Strassen faz o mesmo ao Hostert e o Hesperange acolhe a Jeunesse.

A três jornadas do fim, o F91 Dudelange é primeiro com 58 pontos, seguido pelo Fola, com 55, e pelo Hesperange e Differdange, com 53. O Hamm Benfica é último com 4 pontos.

Redação Latina | Lusa | Foto Chris Karaba


Notícias relacionadas

16.01.2022, Nordrhein-Westfalen, Düsseldorf: Eine Spritze mit Kochsalzlösung wird bei einem Lehrgang der Apothekerkammer Nordrhein in einen Arm gespritzt. Bei dem Lehrgang werden Apotheker und Apothekerinnen für den Impf-Einsatz vorbereitet, in dem sie lernen, wie man eine Spritze richtig setzt. Die Apotheken könnten bald ein Teil der Impfkampagne werden. Foto: Roberto Pfeil/dpa +++ dpa-Bildfunk +++