Covid-19. Luxemburgo compra mais de 500 mil doses de vacinas mas apenas 18 mil foram administradas
Radio Latina 15 min. 10.11.2022
Atualidade em síntese 10 NOV 2022

Covid-19. Luxemburgo compra mais de 500 mil doses de vacinas mas apenas 18 mil foram administradas

Atualidade em síntese 10 NOV 2022

Covid-19. Luxemburgo compra mais de 500 mil doses de vacinas mas apenas 18 mil foram administradas

Radio Latina 15 min. 10.11.2022
Atualidade em síntese 10 NOV 2022

Covid-19. Luxemburgo compra mais de 500 mil doses de vacinas mas apenas 18 mil foram administradas

A taxa de vacinação eleva-se atualmente a 79% da população com mais de cinco anos.

Entre 5 de setembro e 6 de novembro últimos, o Luxemburgo recebeu 230.400 doses da vacina contra a covid-19 da farmacêutica Pfizer e 303.240 [doses] da Moderna. Em suma, o país comprou 533.640 mil doses dos fármacos contra a covid-19 nos últimos dois meses. O número é avançado esta quinta-feira no último relatório do Ministério da Saúde sobre a covid-19.

Facto é que o número de entregas é elevadíssimo quando comparado ao das doses que realmente foram administradas no mesmo período de tempo. É que entre 5 de setembro e 6 de novembro, os profissionais de saúde administraram 18.142 vacinas ‘anticovid’. Essas doses são repartidas por as pessoas que levaram a primeira ou segunda dose, ou ainda entre a primeira e segunda dose de reforço.

A ministra da Saúde, Paulette Lenert, explica o número elevado de entregas com o facto de os peritos terem previsto uma vaga de novas infeções, tendo levado o Governo a encomendar uma grande quantidade de doses para se preparar para o reforço da vacinação da população.


Acordo no serviço de permanência dos hospitais está para breve

A questão do pagamento no serviço de permanência nos hospitais está a ser elaborado e deverá ser finalizado em breve. As indemnizações deverão contribuir para reforçar a atratividade da medicina hospitalar, como também reforçar certos serviços que sofrem da penúria de profissionais de saúde.

Uma garantia dada pela ministra da Saúde, Paulette Lenert, numa resposta a uma questão parlamentar do deputado e presidente do CSV, Claude Wiseler.

Já se sabia que havia penúria de médicos em certos serviços, mas este tema ganhou novo fôlego quando no final do mês de setembro, seis dos oito cardiologistas do Centro Hospitalar do Norte (CHdN) informaram a sua direção que rescindiam o seu contrato, alegando que as condições para assegurar um serviço de qualidade não estavam reunidas.

A ministra responsável pela pasta da Saúde salienta, no entanto, que os seis cardiologistas continuam a exercer as suas funções nos seus consultórios privados e que o ChdN está a levar a cabo uma campanha de recrutamento a fim de garantir o bom funcionamento do serviço.

Note-se que os seis cardiologistas continuam em funções no hospital até 31 de dezembro deste ano, sendo que até lá, o Governo espera encontrar substitutos.


Index. Empresas pouparam mais de 2 mil milhões de euros com os adiamentos

As empresas luxemburguesas pouparam mais de 2 mil milhões de euros com o adiamento da indexação salarial.

Segundo Tom Haas, chefe do serviço Modelização e Previsão do Instituto Nacional de Estatística (Statec), só em salários brutos, a poupança é de 2 mil milhões. Frisa, no entanto, que isto não quer dizer que as empresas “estão bem”. Está para breve o pagamento de duas parcelas do ‘index’, assim como uma subida do salário mínimo. Mesmo assim, sem os acordos tripartidos, a situação seria pior. Saiba mais aqui.


Petição pública. Prolongamento da licença parental não é para já

Prolongar a licença parental de seis para nove meses. Essa era a reivindicação de uma petição pública que foi a debate público no Parlamento esta quarta-feira.

A peticionária Michèle Senninger defendeu perante deputados e ministro da tutela que o prolongamento iria proporcionar aos pais ficar com os filhos em casa até estes completarem um ano de idade, o que seria benéfico para a saúde dos pais e para o desenvolvimento dos bebés.

Michèle Senninger lembrou que as mulheres dos países da OCDE são as que assumem mais as tarefas de casa. O que segundo a peticionária aumenta as desigualdades entre homens e mulheres, com muitas mulheres a pedirem uma licença sem vencimento após a licença parental.

Para a ministra da Família, Corinne Cahen, este é um tema importante para as famílias. No entanto, frisou, que antes de mudar a lei, relativa à licença parental, é preciso esperar pelos resultados do estudo que deverá ser realizado para o ano pelo instituto LISER para ser apresentado em 2024. Este estudo deverá analisar as novas modalidades da licença parental que entraram em vigor em 2016.

O ministro do Trabalho, Georges Engel, referiu por sua vez, que no Luxemburgo, a licença parental é remunerada, o que não acontece noutros países. Na Croácia e Áustria, por exemplo, os pais podem pedir até dois anos de licença, mas durante esse período não são pagos. Daí ser difícil estabelecer uma comparação.


Combustíveis estão mais baratos

Continua o sobe e desce. Os preços da gasolina 95 e do gasóleo estão mais baratos a partir desta quinta-feira.

A gasolina sem chumbo 95 baixou 7,5 cêntimos por litro e custa agora 1,723 euros por litro.

O preço do gasóleo diminuiu 6,3 cêntimos, para 1,825 euros por litro.

O preço da gasolina 98 também desce esta sexta-feira.

O preço da gasolina sem chumbo de 98 octanas vai descer 4,6 cêntimos a partir da meia-noite, passando a custar 1,926 euros por litro.      


Eleições comunais. Autarcas apelam aos estrangeiros para se inscrevem nas listas eleitorais

Apelo ao recenseamento eleitoral dos residentes não-luxemburgueses. A 7 meses das eleições comunais, vários responsáveis autárquicos pedem aos estrangeiros para se inscreverem nos cadernos eleitorais.

O burgomestre de Dudelange é um deles. Aos microfones da Rádio Latina, Dan Biancalana lembrou que a participação eleitoral dos estrangeiros está agora facilitada graças à abolição da cláusula residência de cinco anos.

As eleições comunais decorrem a 11 de junho do próximo ano. Para poder votar, os residentes não-luxemburgueses têm de se inscrever nos cadernos eleitorais. Podem fazê-lo já hoje ou a qualquer altura – até 55 dias antes das eleições – presencialmente na sua comuna ou na Internet, através da plataforma MyGuichet.lu. Saiba mais aqui.


Reconhecimento de diplomas entre Luxemburgo e Portugal pode estar para breve

A visita do ministro da Educação, Claude Meisch, a Lisboa e o encontro com o seu homólogo português, João Costa, resultou numa "troca frutuosa" que deverá levar ao reconhecimento de diplomas entre os dois países, adiantou Meisch, numa mensagem no Twitter.

Na visita de 48 horas a Portugal, Claude Meisch esteve também reunido com o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo. À margem da reunião foi assinado um acordo que reforça o ensino do português no Luxemburgo.

De acordo com o Portal Diplomático, o ensino do português tem registado um crescimento em número de alunos, seja no ensino paralelo ou integrado. Este ano, refere o site, há "mais de 3.100 alunos, no ensino básico e secundário, o que configura um aumento de mais 8,5% em relação ao ano passado, com um investimento do governo português na promoção da língua portuguesa no Luxemburgo cifrado em cerca de três milhões de euros".


Continuam a morrer pessoas com covid-19 no Luxemburgo

Morreram quatro pessoas devido à covid-19 no Grão-Ducado, na semana passada (31 de outubro a 6 de novembro). A média de idades era de 82 anos. No total, já morreram 1.151 pessoas da doença no Luxemburgo desde o início da pandemia.

Segundo o balanço semanal do Ministério da Saúde, o número de novos casos positivos de covid-19 diminuiu, com 873 infetados, contra 1.560 da semana anterior. Houve ainda 444 casos de reinfeção (dois testes PCR positivos consecutivos em 90 dias), o que eleva para 1.317 o número de pessoas com infeções ativas. 

A idade média das pessoas infetadas é de 47,3 anos. Nos hospitais, 22  ‘doentes covid’ estavam internados em enfermaria e um nos cuidados intensivos.

Quanto à vacinação, entre 31 de outubro e 6 de novembro foram administradas 1.487 doses, sendo que 1.288 são referentes à segunda dose da vacina de reforço. Ao todo, 474.773 pessoas têm esquema vacinal completo, ou seja, 79% da população com mais de 5 anos.


Ministério da Economia garante desenvolvimento contínuo da 'B Medical Systems' no Luxemburgo

A empresa B Medical Systems, com sede em Hosingen e conhecida durante a pandemia pela produção de frigoríficos para armazenar vacinas, vai continuar a desenvolver, no Luxemburgo, as suas atividades no domínio das tecnologias da saúde.

A garantia foi dada pelo Ministério da Economia, depois de o ministro da tutela, Franz Fayot, ter assinado um memorando de entendimento com a empresa norte-americana Azenta, que comprou a B Medical Systems em outubro, por 410 milhões de euros.

A assinatura do protocolo decorreu em Boston, durante a visita de trabalho presidida pelo Grão-Duque Herdeiro, Guillaume, que termina hoje em Nova Iorque.

Fundada em 1979 no Luxemburgo, a B Medical Systems é pioneira na indústria de equipamentos médicos, líder mundial na cadeia de frio para vacinas e está presente em mais de 140 países.


Joalharia assaltada em Esch-sur-Alzette. Suspeitos em fuga

Uma joalharia foi assaltada esta quinta-feira, na rua Alzette, em Esch-sur-Alzette.

O assalto ocorreu por volta das 12h05 e, segundo as autoridades policiais, o presumível assaltante continua em fuga.

O homem tem entre 30 e 40 anos e no momento da ocorrência vestia um casaco vermelho e tinha um saco de plástico.

Qualquer informação que possa conduzir à identificação ou localização do suspeito deve ser comunicada à polícia, através do número 113.

Fica ainda a recomendação para não dar boleia a ninguém nesta zona de Esch-sur-Alzette.



Oito anos de prisão para homem que abusou de menina na escola de Hesperange

Oito anos de prisão é a sentença aplicada ao homem de 30 anos que abusou sexualmente de uma criança de seis anos na escola primária de Hesperange, a 7 de outubro de 2021. A execução da pena é suspensa por um período de três anos.

Para beneficiar desta pena suspensa, a pessoa condenada tem de se envolver em trabalho regular, compensar as vítimas e submeter-se a tratamento psiquiátrico ou psicológico. Além disso, não deve ter contacto com menores durante dez anos.

O homem tem ainda de pagar 20 mil euros de indemnização à vítima e 5.000 euros a cada um dos pais. Todas as partes podem recorrer da sentença da primeira instância no prazo de 40 dias.


Autocarros regionais vão ter cabines de proteção para os motoristas

Os autocarros das linhas RGTR vão ter cabines de proteção para os motoristas em 2023. Uma garantia dada pelo ministro do Trabalho Georges Engel, e pelo seu homólogo da Mobilidade, François Bausch. Os responsáveis dizem, em resposta parlamentar, que o dispositivo já está incluído no Orçamento de Estado para 2023.

Segundos os governantes, algumas empresas privadas de transporte já instalaram as cabines de proteção por iniciativa própria, a fim de proteger os condutores de agressões. Uma medida já amplamente reivindicada por parte dos sindicatos, uma vez que têm surgido várias notícias de ataques a estes profissionais.

De acordo com os ministros, em 2021 foram registadas 18 ocorrências de agressões contra motoristas de autocarros. Em 2020, tinham sido três, enquanto que em 2019 houve conhecimento de nove casos. Desde o início deste ano, houve mais de uma dezena de casos assinalados. Números que na realidade são bem mais elevados, já que muitas das agressões não são denunciadas às autoridades.


Mais de 23% das matrículas novas no Luxemburgo são de carros elétricos

O parque automóvel elétrico tem aumentado consideravelmente no Luxemburgo. Entre janeiro e setembro deste ano, registam-se 7.513 novas viaturas elétricas, sendo que 4.589 são 100% elétricas e as restantes (2.924) são híbridas. Estes dados foram avançados pelo ministro da Mobilidade, François Bausch, em resposta parlamentar ao deputado do Partido Pirata, Marc Goergen.

As viaturas com motor de combustão representam no entanto a maior parcela do registo de matrículas: 24.964 desde o início do ano. Em termos de percentagem, os carros elétricos representam, em 2022, 23,13% das viaturas novas. Comparando com 2020 (11,41%) há um aumento de mais de 10%. Uma diferença ainda mais notória olhando para os números de 2019, em que somente 3,45% das novas matrículas eram oriundas de carros elétricos.

Embora se note um aumento de carros elétricos a circular no Grão-Ducado, a maioria continua a ser de carros com motores a combustível, uma vez que olhando para o parque automóvel no geral, estas viaturas representam 94,71%, enquanto que a percentagem de carros elétricos é de 5,29%.


Convenção coletiva. Trabalhadores da Neuberg com melhores regalias

A direção da empresa Neuberg e os sindicatos LCGB e OGBL assinaram recentemente uma extensão do acordo coletivo para todos os trabalhadores (cerca de uma centena).

O acordo será válido por um período de três anos, entre 1 de julho de 2022 e 30 de junho de 2025.

Entre as medidas negociadas estão a reavaliação da progressão salarial para todos os grupos, o aumento do prémio de assiduidade mensal (de 42,25 para 50 euros), o aumento da contribuição para a refeição (de 4,20 para 6 euros) e possibilidade de acesso à formação contínua e linguística.

A Neuberg foi fundada em 1835 e é uma empresa grossista de materiais de construção e sanitários.


Presidente da Rússia, Vladimir Putin, ausente da cimeira do G20

O Presidente russo, Vladimir Putin, não vai participar na cimeira do grupo das economias mais desenvolvidas (G20), na ilha indonésia de Bali, na próxima semana, anunciou a embaixada russa. O ministro dos Negócios Estrangeiros russo Sergei Lavrov é que vai liderar a delegação russa ao G20.

A cimeira dos chefes de Estado e de Governo do G20 está marcada para terça e quarta-feira, dias 15 e 16 de novembro, com a presença dos líderes dos Estados Unidos e da China, Joe Biden e Xi Jinping, respetivamente.

A Indonésia sofreu forte pressão do Ocidente para excluir a Rússia da cimeira devido à invasão da Ucrânia, mas resistiu, argumentando que o país anfitrião da cimeira devia permanecer neutro.


Benfica bate Estoril Praia e está nos 'oitavos' da Taça de Portugal

O Benfica qualificou-se ontem para os oitavos de final da Taça de Portugal em futebol, ao vencer no reduto do Estoril Praia por 1-0, em encontro da quarta eliminatória.

A formação ‘encarnada’, que ainda não perdeu nos 24 jogos de 2022/23 (20 vitórias e quatro empates), é o recordista de vitórias na prova (26) e também de presenças na final (38), sendo que venceu pela última vez em 2016/17.


Seleção luxemburguesa. Tiago Pereira e James Rodrigues entre os sete lusófonos convocados contra Hungria e Bulgária

A Federação Luxemburguesa de Futebol (FLF) anunciou os 25 jogadores convocados por Luc Holtz para os próximos dois jogos amigáveis.

Os leões vermelhos vão receber a Hungria no dia 17 de novembro e três dias depois (20) recebem a Bulgária.

Entre os convocados há sete jogadores lusófonos, com destaque para duas novidades: o guarda-redes Tiago Pereira, do Borussia Mönchengladbach, e o atacante James Rodrigues, da equipa italiana Veneza.

Luc Holtz chamou ainda Gerson Rodrigues (Al Wahda), Mica Pinto (Sparta Roterdão), Leandro Barreiro (Mainz), Yvandro Borges (Borussia Mönchengladbach) e Diogo Pimentel (Fola de Esch).


Portugal goleia Chile e fica em primeiro do grupo no Mundial de hóquei em patins

Portugal goleou ontem o Chile por 7-1 e garantiu o primeiro lugar do Grupo A no Campeonato do Mundo de hóquei em patins, que se realiza em San Juan, na Argentina.

Assim sendo, a formação lusa vai defrontar hoje o vencedor do jogo entre Moçambique e Alemanha, que se defrontam na jornada matinal.


Sporting de Braga recebe Moreirense na luta por chegar aos 'oitavos' da Taça

O Sporting de Braga tenta hoje qualificar-se pela quinta vez consecutiva para os oitavos de final da Taça de Portugal de futebol, recebendo o secundário Moreirense, no encerramento da quarta eliminatória.

Três vezes vencedores da prova, os bracarenses recebem, a partir das 21:45, o líder da II Liga portuguesa, que chegou nas duas últimas temporadas aos oitavos de final.

Redação Latina | LUSA |Foto: Shutterstock


Notícias relacionadas

Les prix des logements connaissent une hausse croissante depuis 2015 en Europe.
In seiner Erklärung zur Lage des Landes betont Premier Xavier Bettel (DP) immerzu, dass seine Regierung Verantwortung übernommen hat - und weiter übernimmt, um den Krisen zu trotzen.