Construção. Pedreiros e instaladores sanitários entre as profissões mais procuradas
Radio Latina 23.11.2022
Penúria de mão de obra

Construção. Pedreiros e instaladores sanitários entre as profissões mais procuradas

Penúria de mão de obra

Construção. Pedreiros e instaladores sanitários entre as profissões mais procuradas

Radio Latina 23.11.2022
Penúria de mão de obra

Construção. Pedreiros e instaladores sanitários entre as profissões mais procuradas

De acordo com a ADEM, a penúria de mão de obra é transversal a todas as profissões do ramo.

Pedreiros e instaladores sanitários são as profissões mais procuradas pelas empresas do ramo da construção. De acordo com dados divulgados este mês pela Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM), em 2021 foram declaradas mais de 400 vagas para pedreiros e cerca de 200 para instaladores sanitários. Em terceiro lugar surgem os serventes de obras, com 172 vagas.


Bau, Handwerk, Baugewerbe, Baustelle
Construção deverá perder 30% dos trabalhadores nos próximos cinco anos
O setor da construção também não escapa à penúria de mão de obra com a qual o país se vê confrontado.

Na lista das profissões mais procuradas dentro do setor figuram também os profissionais do revestimento de exterior (171), ladrilhadores (141) e eletricistas (111).

Estes números foram compilados pela ADEM no âmbito de uma série de vídeos sobre as tendências do mercado de trabalho luxemburguês. E, no que toca ao ramo da construção, os dados permitem concluir que a penúria de mão de obra é transversal a todas as profissões.

Não há profissões em declínio na construção. Algo “raro”

Com base nas vagas notificadas pelas empresas, a agência conclui que há profissões que estão em crescimento – como engenheiros, arquitetos e mestres de obras –, não havendo qualquer ramo em declínio. Algo que é raro, segundo Inès Baer, responsável pelos estudos sobre o mercado de emprego da ADEM.

O centro de emprego salienta que, atualmente, o setor apresenta três tendências principais: a construção das chamadas ‘smart homes’, a aposta em materiais sustentáveis e eficiência energética e o Building Information Modelling (BIM), que consiste na partilha das informações sobre uma obra entre todos os participantes de forma evitar problemas de execução. Assim, as funções associadas a estas tendências aparecem como “profissões emergentes”. É o caso dos especialistas em BIM, em materiais sustentáveis ou em eficiência energética.

Artigo: Diana Alves | Foto: Anouk Antony


Notícias relacionadas

Bau, Handwerk, Baugewerbe, Baustelle