Autarquia da capital mantém espaço associativo para cabo-verdianos
Radio Latina 22.11.2022
ORDEM DE DESPEJO REVOGADA

Autarquia da capital mantém espaço associativo para cabo-verdianos

ORDEM DE DESPEJO REVOGADA

Autarquia da capital mantém espaço associativo para cabo-verdianos

Foto: Aleida Vieira
Radio Latina 22.11.2022
ORDEM DE DESPEJO REVOGADA

Autarquia da capital mantém espaço associativo para cabo-verdianos

Final feliz para o movimento associativo.

A burgomestre da Cidade do Luxemburgo, Lydie Polfer, revogou a ordem de despejo da sede da associação Amizade Cabo-verdiana, uma das coletividades cabo-verdianas mais antigas no Grão-Ducado.

A associação, com sede no n° 19 da rue Michel Welter, tinha recebido uma carta da comuna para abandonar aquele espaço, mas depois de uma recente visita ao local, Lydie Polfer garantiu aos responsáveis da associação que poderão continuar na sua sede, disponibilizada em 1983.

A garantia foi dada ao programa Morabeza, da Rádio Latina, pelo presidente da associação, Ney Évora.

Ao longo de quase 40 anos, a sede da Amizade Cabo-verdiana serviu também para prestar serviços consulares, para receber governantes e outras individualidades, organizar cursos de língua, eventos culturais, entre outras atividades.

Henrique de Burgo