"Anima". Novo álbum de Thom Yorke é "o melhor da sua carreira"
Radio Latina 2 2 min. 03.07.2019

"Anima". Novo álbum de Thom Yorke é "o melhor da sua carreira"

"Anima". Novo álbum de Thom Yorke é "o melhor da sua carreira"

Foto: Shutterstock
Radio Latina 2 2 min. 03.07.2019

"Anima". Novo álbum de Thom Yorke é "o melhor da sua carreira"

O líder dos Radiohead lançou o terceiro trabalho a solo nas plataformas de streaming Apple Music e Spotify.

 A 27 de junho, Thom Yorke lançou "Anima", o terceiro álbum a solo numa carreira com cerca de três décadas. O disco vem acompanhado de uma curta-metragem realizada por Paul Thomas Anderson e que está disponível na Netflix.

 Segundo o músico, este trabalho é uma distopia porque “uma ótima forma de expressar ansiedade de forma criativa é colocá-la num ambiente distópico", disse à revista Crack. Yorke teve a influência direta do produtor Flying Lotus e foi buscar inspiração às teorias de psiquiatria de Carl Jung. Por exemplo, no nome que deu ao álbum. "Chama-se "Anima" porque sou obcecado pelos sonhos e, por isso, deriva de um conceito de Jung". 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Uma semana depois do lançamento, este já é considerado o melhor trabalho da sua carreira. A revista "The New Yorker" escreveu que "este álbum, que é o terceiro, é também o melhor. 'Anima' em Latim é uma força vital, como uma alma ou espírito. O título fala diretamente para a tese central de Yorke: agarrar-se à alma, sem importar o quanto o mundo moderno a tenta separar do corpo". 

Já a "The Atlantic" considera que a melodia do autor "varia entre prepotente e aterrador para delicado e visceral, sem nunca se tornar aborrecido". 

O filme de quinze minutos lançado na Netflix foi realizado por Paul Thomas Anderson, o autor de filmes como "Magnolia", "Boogie Nights" ou "Phantom Thread". A colaboração de Anderson com os Radiohead começou há mais de uma década. Jonny Greenwood, compositor e multi-instrumentista do grupo, compôs bandas sonoras para filmes do realizador. Entre elas, "Haverá Sangue", vencedor dos Óscares para Melhor Ator (Daniel Day-Lewis) e Melhor Fotografia em 2007. A curta-metragem conta ainda com a participação de Dajana Roncione, a namorada de Yorke. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

É o terceiro disco a solo depois de "Tomorrow's Modern Boxes", 2014, e "The Eraser", 2006. Em 2018, Thom criou a banda sonora de Suspiria, de Luca Guadagnino, que lhe garantiu uma nomeação aos Óscares com o tema "Suspirium". Depois de visitar várias vezes Portugal como líder dos RadioHead, o artista sobe ao palco do NOS Alive a 13 de Julho.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.