Ângelo Rodrigues de volta ao trabalho. "Vou ficar a 100%"
Radio Latina 2 min. 27.11.2019

Ângelo Rodrigues de volta ao trabalho. "Vou ficar a 100%"

Ângelo Rodrigues de volta ao trabalho. "Vou ficar a 100%"

Foto: Instagram
Radio Latina 2 min. 27.11.2019

Ângelo Rodrigues de volta ao trabalho. "Vou ficar a 100%"

Ator está a recuperar bem e já começou a preparar-se para um especial de Natal da SIC.

A segunda metade de 2019 não foi fácil para Ângelo Rodrigues. Internado de agosto a outubro, chegou a temer-se pela vida do ator.  A perna esquerda de Ângelo esteve em risco de ser amputada devido a uma infeção grave por causa das injeções de testosterona. 

De volta a casa e ainda com algumas limitações, o jovem de 32 anos está otimista em relação ao futuro e acredita numa recuperação completa. 

À revista TV Mais, Ângelo assegurou que "a fisioterapia, ao contrário do que as pessoas pensam, está a correr bem". 

Sem hesitações, disse ainda que vai "ficar a 100%". O ator já conduz, apesar de ter de se deslocar com muletas ainda.

De regresso às redes sociais, o ator tem mantido contacto com os seus fãs e agradeceu-lhes todo o apoio que recebeu. Chegou, inclusive, a brincar com o facto de uma publicação ter anunciado a sua morte. 

"Ressuscitado e mais forte que nunca. Obrigado por me fazerem acreditar que esta caminhada continua a fazer sentido juntos", pode ler-se no Instagram. 

De volta ao trabalho 

Ângelo concordou em ser filmado durante toda a sua recuperação, para um documentário da SIC sobre o que se passou. Ainda pouco se sabe sobre o projeto mas o jovem adiante que vai "falar sobre o que me aconteceu e como está a ser a minha recuperação". 

Para já, esta terça-feira, 26, anunciou o regresso ao trabalho nas novelas da estação de Carnaxide. No perfil do Instagram, publicou o guião do especial de Natal de 'Golpe de Sorte' em que vai participar. 

 Vida em risco 

A 22 de agosto, Ângelo deu entrada no Hospital Garcia Horta com um choque séptico e uma paragem cardíaca que o deixou à beira da morte.

Foram necessárias quatro intervenções cirúrgicas para remover a quantidade máxima de tecidos mortos afetados pelas injeções de testosterona. O ator a ficar em coma induzido.

Começou a apresentar melhorias quando foi submetido ao tratamento na câmara hiperbárica, no Hospital as Forças Armadas, em Lisboa. Este era foi o último recurso. 

Atualmente, após as duas intervenções cirúrgicas de reconstrução de parte da perna esquerda, está confiante e preparado para o ano de fisioterapia que terá pela frente. 

Ana Patrícia Cardoso 


Notícias relacionadas

Ângelo Rodrigues foi operado pela quarta vez

Radio Latina por Ana Patrícia CARDOSO 30.08.2019