Escolha as suas informações

Zona Euro: Taxa de inflação cai para 1,5% em março
Economia 31.03.2017 Do nosso arquivo online

Zona Euro: Taxa de inflação cai para 1,5% em março

Zona Euro: Taxa de inflação cai para 1,5% em março

Economia 31.03.2017 Do nosso arquivo online

Zona Euro: Taxa de inflação cai para 1,5% em março

A taxa de inflação da zona euro desceu para os 1,5% em março, depois de em fevereiro se ter fixado nos 2%. A queda foi superior à esperada pelos analistas, que previam que ficasse nos 1,8%.

A taxa de inflação da zona euro desceu para os 1,5% em março, depois de em fevereiro se ter fixado nos 2%. A queda foi superior à esperada pelos analistas, que previam que ficasse nos 1,8%.

Foi mais uma vez o preço do petróleo o principal fator condicionante da taxa de inflação.

Os preços da energia voltaram a subir, mas menos do que em fevereiro. Assim, os preços aumentaram 7,3% mas abaixo dos 9,3% registados um mês antes.

O valor da taxa de inflação retira pressão ao Banco Central Europeu para começar a retirar os estímulos à economia.

O presidente do BCE, Mario Draghi, tem mantido os juros em níveis historicamente baixos para tentar que o dinheiro circule na economia e o consumo e os preços aumentem.

O responsável tem dado sinais contrários às críticas, afirmando que as políticas de estímulo são para manter enquanto for necessário.

Para Draghi, a subida da inflação não é ainda sustentada - por se apoiar ainda mais no petróleo - e é necessário ter certezas antes de retirar os estímulos à economia da moeda única.

A queda da inflação na zona euro já era esperada depois de ter caído também na Alemanha e em Espanha.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Zona euro: BCE mantém juros inalterados
O Banco Central Europeu (BCE) manteve hoje as taxas de juro inalteradas bem como o programa de ativos. A decisão anunciada pelo presidente da instituição, Mario Draghi, já era esperada pelos analistas.
O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, manteve o programa de estímulos à economia da zona euro.