Escolha as suas informações

Cerca de 170 luxemburgueses em Lisboa para reforçar laços económicos com Portugal
Economia 9 4 min. 12.05.2022
Visita a Portugal

Cerca de 170 luxemburgueses em Lisboa para reforçar laços económicos com Portugal

O impulso dos laços económicos foi o grande objetivo da visita de estado dos Grão-Duques a Portugal entre 11 e 13 de maio.
Visita a Portugal

Cerca de 170 luxemburgueses em Lisboa para reforçar laços económicos com Portugal

O impulso dos laços económicos foi o grande objetivo da visita de estado dos Grão-Duques a Portugal entre 11 e 13 de maio.
Foto: SIP
Economia 9 4 min. 12.05.2022
Visita a Portugal

Cerca de 170 luxemburgueses em Lisboa para reforçar laços económicos com Portugal

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Grão-Duques, ministros e 120 empresários e especialistas do Grão-Ducado vieram a Portugal à procura de parcerias comerciais sustentáveis. Veja a fotogaleria.

"O nosso mar pode ser o vosso", disse o presidente Marcelo. Portugal e Luxemburgo celebram 131 anos de relações diplomáticas e amigáveis no próximo dia 21 de maio e esta é a altura certa para impulsionar laços numa área vital: a economia. As relações económicas entre os dois países "estão aquém do desejado" e "muito mais pode ser feito”, incentivaram o Grão-Duque Henri e o Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, no primeiro Fórum Económico Portugal-Luxemburgo que decorreu esta quinta-feira, no Hotel Ritz, em Lisboa.

O impulso dos laços económicos foi o grande objetivo da visita de estado dos Grão-Duques a Portugal entre 11 e 13 de maio. Na comitiva luxemburguesa, além dos ministros das finanças, economia, e da família vieram também 120 empresários e especialistas para promover as relações económicas entre os dois países. No total, a comitiva foi composta por 170 pessoas, a maior a Portugal e internacionalmente, desde a pandemia. Os empresários repartiram-se em missões entre Lisboa, a maioria e Porto. 

Na capital portuguesa reuniram-se hoje com congéneres portugueses no primeiro Fórum económico entre os dois países. Uma ocasião para cada país dar a conhecer as suas vitalidades e avanços nas áreas mais promissoras e importantes nos nossos dias como a economia digital do futuro, o espaço, o turismo e eventos empresariais e construção sustentável. Sempre na ótica de soluções viáveis e inovadoras para melhorar a qualidade do planeta Terra.

No Hotel Ritz, cerca de 150 empresários e empreendedores dos dois países das mesmas áreas, e sempre na vertente de soluções sustentáveis para o planeta, puderam conhecer-se e discutir interesses e futuras parcerias de negócios e oportunidades. Uma aposta maior face à crise climática e ambiental, à crise pandémica e a atual situação de guerra na Ucrânia. 


Viagem do Grão-Duque Henri e a Grã-Duquesa Maria Teresa com Marcelo Rebelo de Sousa no elétrico 28.
A viagem do Grão-Duque no elétrico 28
O casal grão-ducal percorreu a Rua Augusta, em Lisboa, onde apanhou o elétrico 28 para uma viagem até ao miradouro de Santa Luzia.

"Não há plano B" para o planeta  

"Não há plano B" para o planeta, como fizeram questão de vincar os ministros das Finanças e Economia do Grão-Ducado, Yuriko Backes e Franz Fayot nos seus discursos desta manhã. A guerra na Ucrânia revelou uma nova realidade: a necessidade de investir em energias verdes para substituir os combustíveis fósseis, como o petróleo.

É na "sustentabilidade" e na "diversidade", apostando no que de melhor cada país tem ao nível da inovação e do desenvolvimento que o caminho para o maior sucesso económico tem de ser traçado, frisaram os representantes dos dois países. Um caminho onde as sinergias entre Portugal e Luxemburgo podem impulsionar o progresso.

Também o discurso do Grão-Duque Henri foi voltado para o futuro: "Sob a bandeira da transformação verde e digital e do crescimento sustentável, estou confiante de que os nossos países se podem unir para encontrar soluções inovadoras". Assim, no seu entender, o encontro em Lisboa representa um "verdadeiro marco para o desenvolvimento das relações comerciais e de investimentos cruzados". 


Reportagem sobre luxemburgueses que vivem em Portugal. Na imagem, Samuel fotografado para o jornal CONTACTO.
@Rodrigo Cabrita
Samuel Klopp. Um luxemburguês feliz em Lisboa
O restaurante italiano do luxemburguês Samuel Klopp na capital portuguesa é ponto de encontro dos luxemburgueses residentes em Portugal, e visita obrigatória dos familiares e amigos quando vêm a Lisboa.

No seu discurso, o líder da Casa Real deixou também palavras de apreço para a comunidade portuguesa no Luxemburgo: "A contribuição dos imigrantes portugueses para o desenvolvimento económico do Luxemburgo é notável e gostaria de agradecer a todas as mulheres e homens que contribuíram para este enorme esforço". Agora há que aproximar ainda mais os dois países através dos laços comerciais. 

"Uma nova era" na ligação Portugal-Luxemburgo  

Marcelo Rebelo de Sousa reforçou as palavras do seu convidado, chefe de Estado luxemburguês vincando que o segundo dia da visita de Henri representa “uma nova era” na ligação Portugal-Luxemburgo. O Luxemburgo é um dos países mais ricos e com maior desenvolvimento na Europa, o seu centro financeiro é um dos líderes europeus. Isto, a par com a aposta nos últimos anos no desenvolvimento nas áreas do futuro, "a economia digital, as comunicações tecnológicas e as finanças verdes", vincou o Grão-Duque Henri. Grandes atrativos para impulsionar o interesse dos parceiros portugueses.


As imagens dos Grão-duques em Portugal
Esta é a segunda visita oficial dos Grão-Duques a Portugal.

Marcelo Rebelo de Sousa promoveu as riquezas do seu país que se tornou num polo de inovação tecnológica de vanguarda, berço de inúmeras 'start ups' de sucesso e território atrativo para tantos empreendedores estrangeiros, vindos também do Luxemburgo. Além do "clima, das boas infraestruturas e boa qualidade de vida" que tanto atraem os estrangeiros. Mas há ainda uma riqueza maior: o mar.

"O nosso mar pode ser o vosso", ofereceu o presidente português ao parceiro luxemburguês, lembrando as potencialidades dos oceanos para a economia azul, a economia do mar sustentável. Um capital natural português por onde Portugal e Luxemburgo podem navegar juntos em prol do desenvolvimento económico e de um futuro melhor para ambos os países.  

A visita de Estado dos Grão-Duques a Portugal esteve inicialmente agendada para a primavera de 202o, tendo adiada por duas vezes devido à pandemia. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas