Escolha as suas informações

ULC quer IVA de 3% para reparação de produtos com vista à sustentabilidade
Economia 26.02.2021

ULC quer IVA de 3% para reparação de produtos com vista à sustentabilidade

ULC quer IVA de 3% para reparação de produtos com vista à sustentabilidade

Foto: Pixabay
Economia 26.02.2021

ULC quer IVA de 3% para reparação de produtos com vista à sustentabilidade

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Eletrodomésticos mais duráveis e fáceis de reparar. Este é objetivo de um novo regulamento europeu que vai começar a ser aplicado na próxima segunda-feira, dia 1 de março.

A medida é inédita na União Europeia e vai obrigar os fabricantes a garantir o fornecimento das peças necessárias para a reparação dos seus produtos, pondo assim a funcionar a economia circular.

Por cá, a União Luxemburguesa dos Consumidores (ULC) aplaude a diretiva europeia, mas emite um se não. O preço das peças e o custo da mão de obra faturados pelas empresas de reparação são, por vezes, dissuasores. A ULC diz mesmo que há consumidores que preferem comprar um produto novo em vez de mandar reparar o que já têm.

É aqui que a ULC pede a intervenção do Governo. A união de defesa dos direitos dos consumidores quer que o Executivo reduza para 3% o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) em tudo o que é trabalho de reparação.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.