Escolha as suas informações

CGFP lamenta que escalão de impostos não seja adaptado à inflação
Economia 21.09.2022
Tripartida

CGFP lamenta que escalão de impostos não seja adaptado à inflação

Tripartida

CGFP lamenta que escalão de impostos não seja adaptado à inflação

Foto: Anouk Antony
Economia 21.09.2022
Tripartida

CGFP lamenta que escalão de impostos não seja adaptado à inflação

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O sindicato da função pública não abdica da medida e reivindica que entre em vigor, o mais tardar, na próxima reforma fiscal.

A Confederação-Geral da Função Pública (CGFP) saúda o novo pacote de medidas acordado na terça à noite na reunião da tripartida, mas lamenta que a adaptação do escalão de impostos à inflação não tenha sido retida.   

A manutenção do sistema de indexação dos salários e o apoio à população para preservar o poder de compra eram os principais objetivos da CGFP nas negociações da tripartida, que durou três dias e juntou à mesma mesa Governo, centrais sindicais e organizações patronais.

O sindicato da função pública não abdica, contudo, da medida e reivindica que entre em vigor, o mais tardar, na próxima reforma fiscal.


Nova indexação dos salários só em 2023
Saiba as novas medidas de apoio às famílias decididas na reunião da tripartida.

O Governo e os parceiros sociais concordaram em limitar o aumento do preço do gás a 15% do preço atual. E não haverá aumentos na eletricidade.

Já a próxima indexação dos salários deverá acontecer só no próximo ano, em fevereiro e abril.

A CGFP sublinha que o acordo de princípio vai ser apresentado em interno no início da próxima semana, sendo que é nessa reunião que será decidido se o sindicato assina, ou não, o acordo final.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas