Escolha as suas informações

Transporte aéreo de passageiros caiu 60% em março no Luxemburgo
Economia 17.06.2020

Transporte aéreo de passageiros caiu 60% em março no Luxemburgo

Transporte aéreo de passageiros caiu 60% em março no Luxemburgo

Foto: Gerry Huberty
Economia 17.06.2020

Transporte aéreo de passageiros caiu 60% em março no Luxemburgo

Diana ALVES
Diana ALVES
A nível europeu a maior queda - 85% - foi verificada em Itália.

É um dos setores mais afetados pela pandemia da covid-19 que paralisou o mundo. De acordo com novos dados divulgados pelo gabinete de estatísticas europeu (Eurostat) o transporte aéreo de passageiros caiu para menos de metade no mês de março em vários Estados-membros da União Europeia (UE). E o Luxemburgo não foi exceção.

Os números referentes a 13 países do bloco revelam quebras significativas no transporte aéreo. No caso do Luxemburgo, a diminuição foi de 60% entre março de 2019 e o mesmo período deste ano. Relembre-se que o país entrou em estado de emergência a 17 de março devido à crise da covid-19.


Luxemburgo é o país da UE com a maior percentagem de trabalhadores na aviação
O transporte aéreo de passageiros será retomado esta semana, no próximo dia 29 de maio, no Grão-Ducado.

Em números absolutos, mais de 320 mil passageiros passaram pelo aeroporto do Findel em março do ano passado, número que caiu para cerca de 128 mil em março de 2020. Na comparação europeia, a maior queda – 85% – no transporte aéreo de passageiros foi verificada em Itália.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Habitação: Preço das casas continua a aumentar
O preço das casas subiu 6,8% no Luxemburgo nos primeiros três meses do ano, face ao período homólogo de 2016, de acordo com o Eurostat. Este aumento representa uma subida acima das médias registadas para a zona euro e para a União europeia (UE).