Escolha as suas informações

Grão-Ducado. Trabalhadores ganham em média 72.200 euros por ano
Economia 20.01.2023
Salários na Europa

Grão-Ducado. Trabalhadores ganham em média 72.200 euros por ano

Se dividirmos o valor por 12 meses, cada trabalhador no Luxemburgo recebe um salário médio de 6.016 euros.
Salários na Europa

Grão-Ducado. Trabalhadores ganham em média 72.200 euros por ano

Se dividirmos o valor por 12 meses, cada trabalhador no Luxemburgo recebe um salário médio de 6.016 euros.
Foto: Marc Wilwert
Economia 20.01.2023
Salários na Europa

Grão-Ducado. Trabalhadores ganham em média 72.200 euros por ano

Redação
Redação
O Grão-Ducado é o país com o salário médio anual mais elevado da União Europeia. Em Portugal, um trabalhador aufere 19 300 euros anualmente, indica o Eurostat.

O Luxemburgo é o país onde o salário médio anual ajustado a tempo inteiro para os trabalhadores é o mais alto da União Europeia, de acordo com o Gabinete de Estatísticas da UE (Eurostat).

Em 2021, o salário médio bruto anual de um trabalhador do Grão-Ducado foi de 72.200 euros, contra os 55.300 euros que aufere a média europeia. Se dividirmos o valor por 12 meses, cada trabalhador no Luxemburgo recebe um salário médio de 6.016 euros. 

A Dinamarca - onde o salário médio anual por trabalhador é de 63 300, - e a Irlanda (50 300 euros ) são os países que melhor pagam a seguir ao Luxemburgo.

Quanto aos vizinhos do Grão-Ducado as diferenças são também significativas. Na Bélgica, o salário médio anual é de 48.722 euros, na Alemanha de 44.404 euros e na França de 40.135 euros.

E em Portugal?

Portugal surge na 18ª posição entre os 27 países da União Europeia nesta matéria: o salário médio anual é de 19.300 euros, menos de metade da média europeia. Por mês, o salário médio por trabalhador é de 1.600 euros.

Em comparação com o Luxemburgo, o salário médio anual no Grão-Ducado é 73% superior ao de um trabalhador em Portugal.   


Luxemburgo é o país com maior poder de compra da UE
De acordo com os dados divulgados esta sexta-feira pelo Eurostat, no Grão Ducado o rendimento disponível médio, em 2021, era de 32.132 PPS (padrão de poder de compra) por habitante.

A Bulgária (10 300 euros), a Hungria (12 600 euros) e a Roménia (13 000 euros) são os países com o salário médio mais baixo.   

É a primeira vez que o Eurostat apresenta este indicador, calculado através da combinação das contas nacionais (incluindo o PIB) dos 27 estados membros com os dados dos inquéritos da Força de Trabalho (LFS na sigla inglesa), este que é o maior inquérito sobre a situação dos agregados familiares e indivíduos no mercado de trabalho.

De acordo com o Eurostat este indicador de salários médios anuais ajustados a tempo inteiro por trabalhador da UE surge no âmbito da diretiva Blue Card para atrair trabalhadores altamente qualificados de países terceiros à União Europeia, que sofre já uma escassez de mão-de-obra, fundamental para a sua competitividade internacional.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Os trabalhadores no Grão-Ducado são os que mais recebem por hora. O Eurostat analisou as compensações recebidas pelos trabalhadores nos 28 Estados-membros e o Luxemburgo surge, então, em primeiro lugar, com uma compensação de 44 euros por hora.