Escolha as suas informações

Breves Economia 06.09.2018

Toyota chama um milhão de carros devido ao risco de se incendiarem

Segundo noticia esta quinta-feira a agência France Press (AFP), citando fonte oficial da Toyota, em causa está um total de 1,026 milhões de automóveis (Prius, Prius PHV e C-HR Híbrido) fabricados entre junho de 2015 e maio de 2018, dos quais 554.000 no Japão, 217.000 na América do Norte e 219.000 na Europa.

Conforme explicou a Toyota Portugal, à agência Lusa, nos veículos em causa “uma parte da cablagem da unidade de controlo do sistema híbrido pode entrar em contacto com uma proteção e desgastar-se com o tempo, podendo causar um curto-circuito elétrico, que pode gerar calor”, sendo que, “em caso de aquecimento elevado, existe um aumento do potencial risco de incêndio”.

Citado pela AFP, um porta-voz da Toyota diz ser “difícil saber se e quantas vezes se terá produzido um incidente deste tipo” no mundo, adiantando apenas não ter conhecimento de nenhuma situação envolvendo feridos no Japão.

O procedimento a efetuar nas oficinas terá uma duração entre 30 minutos e cinco horas e consiste em verificar, reparar ou substituir a cablagem afetada.

A Toyota lançou em 1997 o conceito de veículo híbrido, que combina um motor clássico a gasolina com um outro motor, elétrico, alimentado por uma bateria que se recarrega enquanto o veículo circula e que permite reduzir o consumo de combustível.

Nos últimos anos, o gigante japonês já fez diversas chamadas às oficinas de modelos Prius, com 1,9 milhões de viaturas verificadas em fevereiro de 2014 e 1,3 milhões em junho de 2016.

Breves Luxemburgo 22.04.2019

Floresta de Vianden em chamas

Um incêndio deflagrou na tarde desta segunda-feira na floresta de Vianden, em frente ao castelo.

As circunstâncias em que o fogo começou ainda são desconhecidas.

O incêndio - cujo fumo pode ser avistado de longe – já está a ser combatido pelos bombeiros.

Breves Luxemburgo 21.04.2019

Polícia controla 135 condutores


As autoridades fizeram ontem à noite o controlo de álcool a 135 automobilistas. A operação foi realizada em Livange e Mamer.

Em nove casos, o teste de álcool deu positivo e a carta de condução foi mesmo apreendida a dois condutores.