Escolha as suas informações

TGV Paris-Berlim poderá ficar mais próximo do Luxemburgo
Economia 2 min. 22.09.2022
Transportes

TGV Paris-Berlim poderá ficar mais próximo do Luxemburgo

Transportes

TGV Paris-Berlim poderá ficar mais próximo do Luxemburgo

Foto : AFP
Economia 2 min. 22.09.2022
Transportes

TGV Paris-Berlim poderá ficar mais próximo do Luxemburgo

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
A ligação ao comboio de alta velocidade que unirá as capitais francesa e alemã terá em conta as necessidades do Luxemburgo, garantiu a Deutsche Bahn ao ministro François Bausch.

François Bausch e o ministro federal dos Transportes e Assuntos Digitais, Volker Wissing, discutiram, esta semana, a necessidade de investimento no sector ferroviário para alargar a rede entre os dois países.

Da visita a Berlim, o ministro da Mobilidade luxemburguês trouxe também o compromisso de que do lado alemão serão estudadas as possibilidades de ligação do TGV/ICE Paris-Berlim via Saarbrücken e via Estrasburgo.


A primeira destas carruagens deverá ser posta em circulação no próximo ano
Veja como vão ser os futuros comboios do Luxemburgo
O novo equipamento foi apresentado ao público, esta terça-feira, na feira comercial InnoTrans, em Berlim.

François Bausch deslocou-se a Berlim, esta terça e quarta-feira, para se encontrar com o seu ministro homólogo alemão e com Richard Lutz, presidente do Conselho de Administração da Deutsche Bahn, com o objetivo de abordar as questões relacionadas com as ligações ferroviárias com o país vizinho. 

Um dos principais tópicos na agenda eram os futuros serviços ferroviários entre Paris e Berlim via Saarbrücken e Estrasburgo. Na reunião de trabalho, esta quarta-feira, com Richard Lutz, François Bausch recebeu a garantia de que a Deutsche Bahn "terá em conta as necessidades do Luxemburgo e estudará as possibilidades de ligação do TGV-ICE Paris-Berlim quer via Saarbrücken quer via Estrasburgo, considerando que Saarbrücken representa um importante ponto de ligação do Luxemburgo à Alemanha", refere em comunicado o Ministério da Mobilidade. 

O ministro luxemburguês e o CEO alemão concordaram também em discutir mais intensamente a possibilidade de aumentar a oferta para Colónia via Trier, ao mesmo tempo que consideraram rotas alternativas a médio prazo, com tempos de viagem mais apelativos do que os atuais.

Já a reunião de trabalho de François Bausch com o ministro Volker Wissing foi marcada pela troca de impressões sobre os atuais e futuros serviços de transporte de passageiros e de mercadorias e sobre o impacto da digitalização no setor.


Assim ficará a nova ponte ferroviária suspensa da futura ligação Luxemburgo-Bettembourg.
Luxemburgo vai ter uma das maiores pontes ferroviárias suspensas da Europa
A ponte em arco suspensa sobre a A3, junto à área de serviço de Berchem, servirá a nova linha de comboio entre Howald e Bettembourg.

"Os dois ministros salientaram que a transformação digital é um passo necessário para o setor ferroviário a fim de melhorar a qualidade dos serviços e aumentar a oferta aos passageiros", indica o mesmo comunicado.

Outros dos pontos tratados na reunião foram a modernização da rede ferroviária, incluindo as estações, a implantação do Sistema Europeu de Controlo de Comboios (ECTS) e o acoplamento digital automático (ADC) como alavanca para a digitalização, bem como o aumento do desempenho no setor do transporte de mercadorias.  

O TGV direto entre Paris e Berlim deverá estar operacional em dezembro de 2023, segundo anunciaram a SNCF e a Deutsche Bahn à AFP. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.