Escolha as suas informações

Tem um carro pouco recente? Conduzir em Bruxelas poderá custar-lhe caro
Economia 2 min. 01.04.2019

Tem um carro pouco recente? Conduzir em Bruxelas poderá custar-lhe caro

Tem um carro pouco recente? Conduzir em Bruxelas poderá custar-lhe caro

Foto: Pixabay
Economia 2 min. 01.04.2019

Tem um carro pouco recente? Conduzir em Bruxelas poderá custar-lhe caro

Multa é de 350 euros.

A capital belga, Bruxelas, prepara-se para introduzir medidas mais apertadas de forma a melhorar a qualidade do ar. Desta forma, os veículos a diesel registados antes de 2000 e veículos a gasolina de antes de 1997 perdem o direito a circular na cidade. Em concreto, os veículos da categoria "EURO 0, EURO 1 and EURO 2" (gasóleo) e "EURO 0 e EURO 1" (gasolina) - níveis de emissões de gases poluentes definidos pela União Europeia - passam a ser proibidos na cidade.

As categorias de emissões definidos para toda a União Europeia - designados EURO -  classifica os veículos numa escala de 1 a 6 consoante o motor respeita ou não os standards ambientais. Isto é, os veículos da classe "EURO 1" são os mais poluentes enquanto que os "EURO 6" são os menos poluentes.

As autoridades estimam que cerca de 19 mil carros sejam afetados por esta interdição. 

A medida já estava em funcionamento numa fase de transição que termina hoje. Quer isto dizer, que a partir de agora para além de serem notificados os infratores vão receber em casa uma multa de 350 euros.

De forma a controlar a circulação foram instaladas 184 câmaras em toda a cidade, no centro e à entrada, mas deverão chegar às 300 até ao final de 2019. Caso não seja possível determinar o ano do veículo com exatidão, as autoridades alertam que a referência passa a ser a data do primeiro registo do veículo.


Quer comprar uma bicicleta? Já pode pedir uma ajuda ao Estado
Novo regime de incentivos do governo do Grão-Ducado pretende promover o uso de veículos com zero emissões ou com emissões mais reduzidas, em prol do ambiente.

A partir de 2025, passam também a ser proibidos de circular em Bruxelas veículos a gasolina da categoria "Euro 2". Num site criado para o efeito (em várias línguas, incluindo francês) é possível consultar de forma detalhada os veículos que passam a ser proibidos na capital belga.

Já no final de 2018, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que os gases que provocam efeito de estufa e o aquecimento global atingiram novos recordes de concentração em 2017, e apelou à necessidade de medidas urgentes. 

Outros países europeus têm criado medidas semelhantes em prol do meio ambiente e da melhor qualidade do ar que se respira nas grandes cidades. Por exemplo, nas cidades alemãs de Estugarda e Hamburgo, certas categorias de veículos a gasóleo estão proibidos de circular em algumas zonas. 



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas