Escolha as suas informações

Teletrabalho. Luxemburgo importa toneladas de computadores
Economia 23.10.2020

Teletrabalho. Luxemburgo importa toneladas de computadores

Teletrabalho. Luxemburgo importa toneladas de computadores

Foto: Pixabay
Economia 23.10.2020

Teletrabalho. Luxemburgo importa toneladas de computadores

Só nos primeiros meses do ano, as importações de computadores dispararam 24%, fruto do teletrabalho.

Depois de uma quebra entre fevereiro e março, a vendas de computadores e portáteis dispararam no Grão-Ducado, muito em parte pelo regime de teletrabalho que, de acordo com o último estudo sobre a coesão social no Luxemburgo, obrigou 52% da população a fazer da sua casa o próprio escritório. O ensino à distância também ajuda a explicar o fenómeno que se fez sentir em todos os Estados membros da União Europeia (UE). 

No total, nos últimos sete meses, o Grão-Ducado importou 56,5 milhões de euros em computadores, contra 45,7 milhões de euros em 2019, segundo os dados lançados esta sexta-feira pelo Eurostat. Os picos registaram-se no final de março - 9,4 milhões de euros - e em junho - 10,1 milhões de euros. 

No contexto da UE, o Luxemburgo é ultrapassado pela Roménia - 38% -, pela Dinamarca - 35% - e por Itália - 26%. Imediatamente atrás surgem os países vizinhos. Na Alemanha as importações informáticas aumentaram 21%, em França 17% e na Bélgica 9%. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas