Escolha as suas informações

Taxa de inflação desce para 1,9% em dezembro

Taxa de inflação desce para 1,9% em dezembro

Economia 17.01.2019

Taxa de inflação desce para 1,9% em dezembro

A inflação anual no Luxemburgo ficou nos 1,9% em dezembro do ano passado, acima da média da zona euro de 1,6%.


A taxa registada no Grão-Ducado representa uma quebra face aos 2,6% verificados em novembro. A tendência de quebra fez sentir-se também na zona euro, já que em novembro a inflação atingiu os 1,9%.

Assim, a taxa de 1,6% para o total dos países da moeda única significa que a inflação se afasta da meta definida pelo Banco Central Europeu (BCE). O objetivo é o de ter uma taxa próxima, mas ligeiramente abaixo dos 2%. Isto numa altura em que há alguns sinais de abrandamento económico na região da zona euro e também no crescimento mundial.

O presidente do BCE, Mario Draghi, confirmou recentemente o fim do programa de compra de ativos e os mercados esperam uma subida das taxas de juro a partir do final deste ano. No entanto, Draghi tem dito que a política de juros baixos vai manter-se pelo tempo que for necessário, deixando em aberto a hipótese de adiar a subida dos juros.


Notícias relacionadas

BCE mantém taxas inalteradas e revê crescimento em alta
O Banco Central Europeu (BCE) deixou as taxas de juro inalteradas e confirmou que a partir de janeiro vai reduzir o programa de compra de ativos destinado a apoiar a economia da zona euro. Por outro lado, reviu o crescimento da zona euro em alta.
Zona euro: BCE mantém juros inalterados
O Banco Central Europeu (BCE) manteve hoje as taxas de juro inalteradas bem como o programa de ativos. A decisão anunciada pelo presidente da instituição, Mario Draghi, já era esperada pelos analistas.
O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, manteve o programa de estímulos à economia da zona euro.