Escolha as suas informações

Taxa de inflação desce para 1,8% em junho no Luxemburgo
Economia 03.07.2019

Taxa de inflação desce para 1,8% em junho no Luxemburgo

Taxa de inflação desce para 1,8% em junho no Luxemburgo

Economia 03.07.2019

Taxa de inflação desce para 1,8% em junho no Luxemburgo

O preço dos combustíveis desceu, mas os legumes, carne e bilhetes de avião ficaram mais caros.

A taxa anual de inflação situou-se nos 1,8% em junho, uma descida face aos 2,1% registados em maio, de acordo com dados publicados hoje pelo instituto de estatística luxemburguês (Statec).

A descida ficou a dever-se sobretudo ao recuo do preço do petróleo, que influenciou os combustíveis. Em junho, os automobilistas passaram a pagar menos 5% pelo gasóleo e menos 4,3% pela gasolina do que pagavam em maio. Quando a comparação é feita com junho de 2018, o decréscimo dos preços é de 2%.

A par dos produtos petrolíferos, houve poucos produtos que influenciaram o indicador em baixa: foram eles as flores, eletrodomésticos e equipamento telefónico.

Por outro lado, houve bens e serviços em que os preços subiram. Assim, analisando os produtos, os legumes sofreram um dos maiores aumentos face a maio: os preços subiram 2,3%. Além disso, a carne ficou 0,9% mais cara. Em comparação anual, os preços dos bens alimentares tiveram um acréscimo de 1,6%.

Do lado dos serviços, o destaque vai para o preço das viagens que começou a escalar em junho, com o início das férias de verão. Os bilhetes de avião, por exemplo, aumentaram 10,5%, face a maio.

O comunicado do Statec avança também que a taxa de inflação subjacente – menos volátil por excluir a energia e a alimentação – se manteve nos 2%, pelo terceiro mês consecutivo.

P.C.S.


Notícias relacionadas

Statec: Inflação desce para 1,4% em dezembro
A taxa de inflação desceu em dezembro do ano passado para 1,4%, face aos 1,5% de novembro. De acordo com o gabinete de estatística luxemburguês, a queda ficou a deve-se sobretudo ao recuo dos preços do petróleo.
No Luxemburgo: Baixa nos preços afasta aumento salarial
Pela primeira vez desde Julho de 2009, a taxa de inflação no Luxemburgo foi negativa no mês de Dezembro. Os dados foram hoje publicados pelo STATEC,  e a confirmar-se a tendência o aumento dos salários, através da indexação automática, não deverá ocorrer este ano.